Jornal Mundo Espírita

Setembro de 2019 Número 1622 Ano 87

Vamos até Ele neste Natal?

dezembro/2017

Ele nos deixou um sublime convite:

Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. (Mt, 11:28)

E nos repassou uma promessa:

Aquele que vem a mim, de maneira nenhuma lançarei fora. (Jo, 6:37)

E nos aclarou o entendimento:

Eu falei abertamente ao mundo; eu sempre ensinei na sinagoga e no templo, onde os judeus sempre se ajuntam, e nada disse em oculto. (Jo, 18:20)

E nos deu esperança:

Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo. (Jo, 16:33)

E nos indicou o sublime roteiro:

Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim. (Jo, 14:6)

E nos confessou quem era:

És tu o Cristo, Filho do Deus Bendito?

E Jesus disse-lhe: Eu o sou, e vereis o Filho do homem assentado à direita do poder de Deus, e vindo sobre as nuvens do céu. (Mc, 14:61-62)

E também nos disse:

Eu sou a luz do mundo.

Eu sou a porta.

Eu sou o bom pastor.

E nos questionou a fé:

E vós, quem dizeis que eu sou? (Mt, 16:15)

E nos alertou:

Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus. (Mt, 7:21)

E nos ensinou:

Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos, se vos amardes uns aos outros. (Jo, 13:35)

E nos deu a Lei:

Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças; este é o primeiro mandamento.

E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que estes. (Mc, 12:30-31)

E cantou o verbo da compreensão:

E se alguém ouvir as minhas palavras, e não crer, eu não o julgo; porque eu vim, não para julgar o mundo, mas para salvar o mundo. (Jo, 12:47)

E nos chamou à redenção:

Eu não vim chamar os justos, mas, sim, os pecadores, ao arrependimento.(Lc, 5:32)

E nos disse a que veio:

Eu sou a luz que vim ao mundo, para que todo aquele que crê em mim não permaneça nas trevas. (Jo, 12:46)

E nos quer ao lado dEle:

Mas é para que o mundo saiba que eu amo o Pai, e que faço como o Pai me mandou. Levantai-vos, vamo-nos daqui. (Jo, 14:31)

Esse é Jesus, Aquele que veio para estar conosco todos os dias, até a consumação dos séculos. (Mt, 28:20)

Jesus Cristo, dessa forma, é aquele Amigo que sempre espera a nossa decisão de buscá-lO, de ir até Ele, abrindo mão de tudo o que nos agrilhoa no mundo, a fim de nos aconchegarmos em Seus braços. Ele nunca nos indagará por que demoramos tanto. Esse dia de busca é também o dia da maturidade nossa e da aceitação do Senhor, como comenta Francisco de Paula Vitor, no livro Quem é o Cristo?,  da lavra mediúnica de Raul Teixeira, em seu capítulo 16.

Vamos até Ele neste Natal?

Assine a versão impressa
Leia também