Jornal Mundo Espírita

Julho de 2019 Número 1620 Ano 87
Notícias das URES Envie para um amigo Imprimir

URE Metropolitana Oeste

janeiro/2018

Reunião do Conselho Regional Espírita – CRE

A Sociedade Espírita Cláudio Reis sediou a reunião, em 11 de novembro [2017], com excelente acolhida aos cerca de quarenta participantes, de onze instituições de Araucária, Campo Largo, Fazenda Rio Grande e Curitiba: Casa Espírita Boa Vontade; Casa Espírita João Ghignone; Casa Espírita Leocádio José Correia; Casa Espírita Luz e Caridade Dom Bosco; Centro de Estudos Espíritas Fraternidade; Centro Espírita Ildefonso Correia; Centro Espírita Luz da Caridade; Centro Espírita Luz do Evangelho; Grupo Espírita Caminho da Fé; Sociedade Espírita Cláudio Reis e União Espírita Os Caminheiros do Bem.

A reunião propiciou o diálogo sobre temas, demandas e encaminhamentos, partindo do diagnóstico realizado pela URE, no primeiro semestre de 2017. Também oportunizou a aproximação, a colaboração e o compartilhamento de experiências entre os trabalhadores, contribuiu para a discussão e construção de um planejamento de médio e longo prazo das atividades da URE, além de serem definidos os representantes dos Setores.

Nádia Gonçalves

 Mais de sete décadas a serviço da Doutrina Espírita

Em 15 de novembro [2017], o Centro Espírita Luz da Caridade, de Curitiba, completou 79 anos de sua fundação.

Na semana de aniversário, foi realizada programação comemorativa, com apresentações artísticas do Grupo Razão Áurea, do Coral Paz e Luz e do Grupo de Teatro Entre Amigos, formado por participantes da Juventude da Casa.

No dia 15, houve depoimentos de trabalhadores mais antigos, rememorando a trajetória da Casa, os desafios, as amizades e conquistas consolidadas, ao longo desses anos.

Foram eleitos, no dia 18 e empossados o presidente Luiz Henrique da Silva e a vice-presidente, Ilca Justen de Freitas. Em suas falas, os presidentes (anterior e atual) manifestaram gratidão a Deus e à equipe espiritual, pelas oportunidades de aprendizado, crescimento e trabalho.

Também lembraram da importância do comprometimento com o Evangelho e a Doutrina Espírita, por meio da vigilância, da boa vontade e da cooperação nas ações voltadas ao Bem, para que as atividades do Centro Espírita continuem a ser realizadas em harmonia, buscando servir ao Mestre Jesus com o melhor que cada um pode oferecer.

Nádia Gonçalves
Foto Nádia Gonçalves

 Estudo da doutrina espírita em libras

 O estudo da Doutrina Espírita, com direcionamento especial aos deficientes auditivos, teve início em 2017, na Casa Espírita Leocádio José Correia, em Curitiba.

Anteriormente, a Casa já prestava atendimento fraterno em LIBRAS. Manifestado o interesse em aprender Doutrina Espírita, pelos que buscavam a instituição, foi elaborado projeto de ação, com tradutor e intérprete da Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS, de imediato aprovado pela Diretoria.

Como coordenadora, Simone Vosne Portela, coordenadora de Estudos da Doutrina Espírita, profissional habilitada e certificada em LIBRAS. O estudo conta, ainda, com o auxílio de outro trabalhador, Anderson Gonçalves Guimarães, também habilitado e certificado na tradução e interpretação em LIBRAS.

Importante ressaltar que a linguagem de sinais, utilizada pelas comunidades surdas, no Brasil, apresenta propriedades específicas das línguas naturais, reconhecidas, pois, enquanto língua pela Linguística.

Dessa forma, a Federação Nacional de Educação e Integração de Surdos – FENEIS indica que intérprete é a pessoa que interpreta uma língua (língua fonte) para outra (língua alvo). Nesses termos, o intérprete da língua de sinais é a pessoa que interpreta de uma dada língua de sinais para outra língua. Por conseguinte, destaca-se que tradutor é termo usado de forma mais generalizada e inclui o termo interpretação.

As reuniões de estudo acontecem, quinzenalmente, aos domingos, das 8h30 às 9h30, com posterior palestra pública, realizada por convidados espíritas.

 Márcia Rauchbach
Foto:Márcia Rauchbach

Assine a versão impressa
Leia também