Jornal Mundo Espírita

Junho de 2019 Número 1619 Ano 87

Uma oficina chamada Terra

Dia das crianças com presente especial

novembro/2010

“Amparemos o livro respeitável, que é luz de hoje, no entanto, auxiliemos e divulguemos,
quanto nos seja possível, o livro espírita, que é luz de hoje, amanhã e sempre.
“O livro nobre livra da ignorância, mas o livro espírita livra da ignorância e livra do mal”.
Emmanuel

(Página recebida pelo médium Francisco Cândido Xavier, em reunião pública da Comunhão Espírita Cristã, na noite de 25 de fevereiro de 1963, em Uberaba (MG), e transcrita de “Reformador” de Abril de 1963)

A alegria estava em toda parte: no ar, no sorriso das crianças, no barulho das gargalhadas ao descobrir um novo personagem, na leveza da equipe dos evangelizadores voluntários, na satisfação dos pais, avós e responsáveis por estarem transmitindo o prazer da leitura aos seus pequenos.

Foi nesse clima de encantamento pelas letras que a Federação Espírita do Paraná promoveu, no dia 12 de outubro, o lançamento do livro infantil UMA OFICINA CHAMADA TERRA.

No primeiro momento, das 17 horas às 17h30min as crianças puderam passar pela “tenda da leitura”, onde puderam entrar em contato com obras especialmente selecionadas para esse dia especial. Também puderam pegar autógrafos com as voluntárias que desenvolveram o projeto: Anabela Sabino, a autora, e Gracielle Nonaka Mafioletti, a ilustradora.

Na segunda parte da atividade, das 18 às 19 horas, os

20 evangelizadores pertencentes às 3 UREs Metropolitanas, com animação e simpatia, conduziram as crianças presentes – 64 no total – até a biblioteca infantil, localizada na Sede Histórica.

As crianças puderam explorar esse lugar mágico, brincar com as letras, sentar nas almofadas para ler histórias, enquanto aguardavam o momento da contação de histórias.

Quando soou o “sinal mágico” as crianças foram se acalmando, o silêncio tomou conta do ambiente, e assim começou a contação de histórias do livro Reina a Reininha, de Anabela Sabino, um produto da editora FEP.

Em um breve intervalo, as crianças tiveram seus rostos pintados, e assim aumentou ainda mais o encantamento desse dia.

Para encerrar, três integrantes da equipe de evangelizadores dramatizaram a história “Brincando de ajudar”, também de Anabela Sabino, editada pela FEP. Com descontração prenderam a atenção de todos os presentes, inclusive da autora que acompanhou todos esses momentos.

É nessa atmosfera de contentamento e gratidão pela alegria de servir na seara da evangelização infantil que a equipe DIJ/FEP agradece a Deus, aos amigos da espiritualidade e à dedicadíssima equipe de evangelizadores voluntários das UREs Metropolitanas, por mais um projeto lançado.

Assine a versão impressa
Leia também