Jornal Mundo Espírita

Janeiro de 2022 Número 1650 Ano 89
Acerca das palavras Envie para um amigo Imprimir

Transfiguração

dezembro/2020

É a mudança do aspecto de um corpo vivo1, informa o Codificador.

Nesse fenômeno, está envolvido o perispírito dado que o Espírito pode dar ao seu perispírito todas as aparências; que, mediante uma modificação na disposição molecular, pode dar-lhe a visibilidade, a tangibilidade e, conseguintemente, a opacidade.1

O fenômeno de transfiguração se opera pela irradiação fluídica do perispírito ou seja o perispírito do encarnado se expande, se irradia, cobre o seu corpo físico de modo a deixá-lo invisível e, dependendo da vontade do Espírito e do seu grau evolutivo, o Espírito (mesmo estando encarnado) pode torná-lo brilhante, pois, quanto mais evoluído, tanto maior o seu poder para operar modificações no perispírito.

Desse modo, pode a imagem real do corpo apagar-se mais ou menos completamente sob a camada fluídica, e assumir outra aparência; ou então, vistos através da camada fluídica modificada, os traços primitivos podem tomar outra expressão.2

Temos em Moisés um exemplo de transfiguração luminosa e duradoura, após o seu contato com a Espiritualidade Superior, recebendo os Dez Mandamentos, tanto que precisa cobrir sua face com um véu:

E aconteceu que, descendo Moisés do monte Sinai (e Moisés trazia as duas tábuas do testemunho em sua mão, quando desceu do monte) não sabia que a pele do seu rosto resplandecia, depois que falara com Ele.3

Assim, pois, viam os filhos de Israel o rosto de Moisés, e que resplandecia a pele do seu rosto; e tornou Moisés a pôr o véu sobre o seu rosto.4

Também a transfiguração de Jesus, no Monte Tabor, descrita pelos Evangelistas  Mateus, Marcos e Lucas, presenciada pelos Apóstolos Pedro, Tiago e João:

E transfigurou-se diante deles; e o seu rosto resplandeceu como o sol, e os seus vestidos se tornaram brancos como a luz.5

A transfiguração também pode ocorrer combinando-se a irradiação fluídica do perispírito do encarnado com os fluidos de diferentes Espíritos, que imprimirão a aparência que lhes é própria, de tal sorte que o corpo real desapareça sob um envoltório fluídico exterior.

É assim que assistimos, por vezes, à transfiguração de médiuns que assumem a aparência de Espíritos desencarnados.

 

Referências:

  1. KARDEC, Allan. O livro dos médiuns. Rio de Janeiro: FEB, 2000. pt. 2, cap. VII, itens 122 a 124.
  2. ______. A Gênese. Os milagres e as predições segundo o Espiritismo. Rio de Janeiro: FEB, 1996. cap. XIV, item 39.
  1. BÍBLIA, A. T. Êxodo. Português. O antigo testamento. Tradução de João Ferreira de Almeida. Rio de Janeiro: Imprensa Bíblica Brasileira, 1966. cap. 34, vers. 29.
  2. cit. cap. 34, vers. 35.
  3. BÍBLIA, N. T. Mateus. Português. O novo testamento. Tradução de João Ferreira de Almeida. Rio de Janeiro: Imprensa Bíblica Brasileira, 1966. cap. 17, vers. 2.
Assine a versão impressa
Leia também