Jornal Mundo Espírita

Setembro de 2019 Número 1622 Ano 87
Notícias das URES Envie para um amigo Imprimir

Trabalhadores em ação

agosto/2008

Alcides Batista da Silveira, comerciante, frequenta a Associação Espírita de Maringá, em Maringá, cidade-sede da 7ª URE.

1 – Em que ano você se tornou espírita?

No ano de1980. Na cidade de Campo Mourão.

2 – O que o levou ao Espiritismo?

Busca de conhecimento, sobre a vida após a morte, outros mundos habitados, reencarnação.

3 – Que cidades integram a sua Regional e quantos centros espíritas existem nela?

As cidades que integram a 7ª URE são: Maringá, Marialva, Mandaguari, Mandaguaçu, Colorado, Itambé, Santa Fé, Sarandi. Com 13 casas filiadas e 4 não filiadas.

4 – Como você avalia a importância das Uniões Regionais, como instrumento de Unificação em nosso Estado?

De grande importância pois as URES têm uma convivência maior com as casas espíritas, podendo detectar as dificuldades e as necessidades,  processo importante para integração e  unificação do Movimento Espírita é um elo importante entre as casas e  a DIREX da Federação Espírita do Paraná.

5 – Em sua opinião, o sistema federativo atende plenamente às necessidades do Movimento no Brasil e nos Estados?

No nosso entendimento, o trabalho realizado pelas Federações é de extrema importância  e sabemos que todas fazem um grande esforço para atender as necessidades do movimento espírita.

A Federação Espírita do Paraná, nesse aspecto faz um excelente trabalho.

6 – O que mais falta, em seu conceito, ao melhor funcionamento das casas espíritas?

Creio que o fator mais Importante seria o conhecimento das OBRAS FUNDAMENTAIS DO ESPÍRITISMO do codificador Allan Kardec, e a vivencia do conhecimento destas obras.

7 – O “Amai-vos e instruí-vos” está sendo devidamente considerado?

Acredito que  estes aspectos ainda estão relegadas a segundo plano. Há um desvio de foco, precisamos, todos nós que fazemos parte do movimento Espírita exercitar este mandamento fundamental na Doutrina

8 – É importante a integral fidelidade aos princípios doutrinários, como se depreende das obras básicas de Allan Kardec?

Importantíssima,  pois sem estes fatores não haveria Espiritismo. Só existe Espiritismo no sentido exato da palavra, aquele que esta fundamentado  nas obras básicas.

9 – Você vê avanços significativos em nosso Movimento?

Sim, avaliando o Movimento quando começamos  estudar Espiritismo  com O Movimento atual. Hoje estamos muito melhor. O Estudo Sistematizado da doutrina foi um marco importante nesse aspecto.

10 – Dê sugestões para eventuais melhoras de nossas atividades.

Minha opinião é que deveríamos avaliar e investir melhor nos estudos da mediunidade, pois as reuniões mediúnicas com pouco estudo infelizmente têm causado grandes problemas no Movimento  Espírita em geral. Claro, felizmente há exceções.

Assine a versão impressa
Leia também