Jornal Mundo Espírita

Outubro de 2020 Número 1635 Ano 88

Trabalhadores do DIJ em ação

abril/2010

 Jociane Lilian David

1) Como diretora do DIJ da URE, qual a sua visão da tarefa de evangelização?

Um compromisso de máxima relevância. A construção de uma nova Humanidade será, certamente, resultado da evangelização da infância e da adolescência.

2) Em sua opinião, qual seria a tarefa principal de um diretor do DIJ?

Ter diante do compromisso assumido as ideias apontadas no treinamento do DIJ, em que são abordados os quatro pilares da educação: “Aprender a ser, aprender a conviver, aprender a fazer e aprender a conhecer. Seguindo esses ideais, as possibilidades para o crescimento do trabalho serão positivas e assistidas pelos Emissários da Luz.

3) Pode o DIJ trabalhar sem o auxílio dos pais?

É preciso que haja um comprometimento de ambas as partes: evangelizadores e pais. A oportunidade está sendo ofertada para fortalecer os nossos laços e transformar as nossas condutas.

4) Como os cursos/treinamentos poderão auxiliar os evangelizadores e coordenadores de juventude?

Todas as atividades que visam o bem-estar em geral, só podem traduzir-se em ensinamentos deixados pelo Mestre Maior. São momentos que proporcionam a interação, relacionamentos novos sendo construídos, informações novas sendo abordadas, dúvidas sendo reorientadas, para que se restaure nesse trabalho os pensamentos de Jesus, codificados por Kardec.

5) A FEP vem cumprindo a tarefa de dinamizar os DIJ das URE? Como?

Sim Através de diversas atividades: encontros, reuniões, palestras públicas, treinamentos, jornal, sites, além da correspondência enviada a cada Casa e a cada presidente de URE.

6) Deixe aqui sua mensagem aos evangelizadores e coordenadores de juventudes.

Queridos companheiros dessa tarefa de valor inquestionável! Que as bênçãos divinas se estendam a todos. Que as suas palavras, seus gestos, seus exemplos possam ser um instrumento multiplicador na Seara do Bem, onde a sua prudência e a tolerância para os desafios sejam forças para nos mantermos fiéis no trabalho para o qual fomos escolhidos.

 

Casa espírita: Associação Espírita de Matinhos (Matinhos /PR)
Tarefa: Diretora e evangelizadora

Assine a versão impressa
Leia também