Jornal Mundo Espírita

Novembro de 2021 Número 1648 Ano 89

Rumo aos 120 anos – O segundo ano da 12ª década

Agosto 2013 – Agosto 2014

setembro/2021

A FEP, que teve seus 111 anos de existência comemorados no seu Teatro, na noite de 24 de agosto de 2013, com Momento Espírita ao Vivo, com o locutor Paulo Roberto Oliveira, música, lançamento do CD Momento Espírita, volume 25 e encerramento com autógrafos do locutor, cantora e redatores do Programa, também recebeu Moção, da Assembleia Legislativa do Estado do Paraná, adjetivando-a como conceituada instituição da sociedade paranaense.

Foi um ano de muitas homenagens para a FEP. No mês seguinte, ao ensejo do 7º Movimento Tú y la Paz, em Asunción, no Paraguai, foi obsequiada com o Troféu Você e a Paz, na categoria de Instituição que viabiliza através dos recursos, entregue pelo criador do Movimento, Divaldo Pereira Franco ao Presidente, Luiz Henrique da Silva.

De outra parte, as atividades se sucedem, demonstrando que, a cada ano, se torna mais dinâmica, à conta das equipes que ocupam as tantas áreas.

Outubro traz Sandra Della Pola ao Recanto Lins de Vasconcellos, para coordenar o 9º Encontro Estadual de Coordenadores de Juventudes Espíritas.

O Teatro da FEP abre as portas para duas apresentações do Coral do Centro Espírita Ildefonso Correia, promoção do Setor de Artes/FEP: Onde canta o sabiá.

Apresentando pérolas de poetas e compositores brasileiros, objetivou especialmente angariar fundos para a realização da 16ª Conferência Estadual Espírita – CEE, de 14 a 16 de março de 2014, no Expotrade, em Pinhais.

O centenário de nascimento de Hugo Gonçalves, a 6 de outubro de 2013, merece o deslocamento a Cambé do presidente da FEP, dias antes, que se une aos representantes da região, encabeçados pelo presidente da 16ª URE, Luiz Cláudio Assis Pereira, em especial visita e entrevista. O excelente trabalhador desencarnou a 11 do mesmo mês.

No ano seguinte, 2014, partiriam para a Espiritualidade outros valiosos servidores: Jorge Miguel Ajuz (Curitiba), Daudete Soares da Costa (Antonina), Olímpia Piscitelli Garcia (Goioerê) e Jânio Dalla Costa (Apucarana).

O Conselho Federativo Estadual, em sua reunião de fevereiro de 2014, aprova, por unanimidade, o Planejamento Estratégico da FEP, desdobramento do Plano de Desenvolvimento 2014 – 2023 e o Projeto Preservação da Memória da FEP, que detalha ações a serem empreendidas para o acervo histórico da Instituição.

Esse mês, no entanto, merece especial enfoque considerando a implantação do arrojado Projeto de Qualificação do Trabalhador Espírita, com Sandra Della Pola, no Recanto Lins de Vasconcellos, nos dias 15 e 16.

Contemplando quatro fases, entendendo formação de multiplicadores, pela FEP, dos trabalhadores nas UREs e posterior formação de multiplicadores para as áreas de igual forma.

Por sua vez, o Programa Radiofônico Momento Espírita inova, oferecendo, a partir desse fevereiro, os programas para as emissoras, em todo o país, através de sistema de download. Marca, ainda, sua presença, nesse ano, com lançamento dos volumes 26 de texto e de trilhas do Momento Espírita e uma versão em espanhol, na voz de Eduardo dos Santos, de Montevideo/Uruguai.

Em março, além dos sempre excelentes conferencistas, o ineditismo na CEE ficou por conta do Lançamento de Selo personalizado, alusivo ao Sesquicentenário de O Evangelho Segundo o Espiritismo, com a presença do representante dos Correios, Marlon Alexandre Zacarias.

A Diretoria Executiva, que tomara posse em janeiro de 2014, com Luiz Henrique da Silva, na presidência e vices, Adriano Lino Greca e Danilo Arruda da Luz, prestou homenagem ao conferencista Divaldo Pereira Franco, pelos 60 anos de atividades em nosso Estado.

No mesmo mês, o 12º Encontro Confraternativo de Juventudes Espíritas do Paraná toma as dependências do Recanto, com 200 jovens na proposta Vivendo com Jesus.

E, em Cambará, ao ensejo das comemorações dos 40 anos do Lar Anália Franco,  entre os homenageados com o Troféu LAF – 40 anos, está a FEP, recebendo-o o presidente.

A FEP se faz presente, de forma brilhante, no 4º Congresso Espírita Brasileiro, em Campo Grande – MS, de 11 a 13 de abril, com sua equipe de colaboradores e palestra de Luiz Henrique da Silva.

Destaca-se a FEP no 9º Festival de Turismo das Cataratas, em Foz do Iguaçu, com estande no Salão de Turismo, Cultura e Espiritualidade, para exposição e venda de material de divulgação doutrinária, de 4 a 6 de junho.

Três Casas Espíritas vêm enriquecer o rol dos Centros Espíritas filiados: Sociedade Espírita Amor e Esperança, de Londrina; Casa Espírita Paulo de Tarso, de Marialva e Centro Espírita Casa de Francisco de Assis, de Cascavel.

Em agosto, é aprovado o Regimento Interno do Conselho Federativo Estadual.

Chegando aos seus 112 anos de fundação, as comemorações, na noite de 23 de agosto, foram abrilhantadas por Momento Espírita ao Vivo, com Paulo Roberto Oliveira e homenagens a três preciosos trabalhadores da FEP: Léa Dirce Pimentel, João de Matos Lima e José Virgílio Góes.

Foram surpreendidos com a presença de familiares, convidados para o evento, assistindo a vídeos de suas atividades na FEP e brindados com placa comemorativa pelos 54, 56 e 39 anos de dedicação à FEP, respectivamente.

Tudo lhes constituiu surpresa, pois desconheciam serem os homenageados da noite, entendendo que compunham a mesa com o presidente, por representarem os trabalhadores mais antigos da Federativa.

Foram intensas as suas emoções, enquanto seu currículo era lido, sucedendo-se as imagens de suas atividades federativas de tantos anos.

Encerra-se, assim, o segundo ano dessa década, entre emoções peculiares, gratidão dos tantos corações presentes que aplaudem, demoradamente, aqueles que tanto ofereceram à Federativa.

Assine a versão impressa
Leia também