Jornal Mundo Espírita

Julho de 2020 Número 1632 Ano 88

Reunião Ordinária do Conselho Federativo Nacional

janeiro/2008

A Reunião Ordinária do Conselho Federativo Nacional – CFN da Federação Espírita Brasileira – FEB reuniu, em Brasília, de 9 a 11 de novembro, representantes das 27 Entidades Federativas Estaduais que o integram. Representando a Federação Espírita do Paraná – FEP: Maria Helena Marcon, Presidente; Francisco Ferraz Batista, 1º Vice-Presidente e Luiz Henrique da Silva, 2º Vice-Presidente.

Da pauta constaram definições sobre as Comissões Regionais do CFN (Norte, Nordeste, Centro e Sul),  com ênfase à análise sucinta do trabalho realizado, definição do tema para a Reunião dos Dirigentes e  sugestões para o desenvolvimento das atividades, no ano de 2008.

A Comissão Regional Sul, a que pertence a FEP, apresentou proposta detalhada para ser implementada, desde a próxima Reunião, em abril, na capital gaúcha, objetivando a otimização de tão importante oportunidade, que reúne líderes das Federativas, em um final de semana.

Como convidados participaram Milciades Lezcano Torres, Jorge Segoyia e Luis Julian Jhannsen, do Centro Espírita Paraguayo (Assunción, Paraguai) e Elza Aparecida Rossi, do British Union of Spiritist (Londres, Inglaterra).

Divaldo Pereira Franco e Raul Teixeira, além de participarem, em momentos específicos da reunião, proferiram Conferências públicas. Raul, no dia 10 à noite, na FEB e Divaldo, no dia 11, à tarde, no Quartel Geral do Exército.

Foi aprovada a realização do 3º Congresso Espírita Brasileiro, em abril de 2010, em Brasília, que se deverá constituir em homenagem ao centenário de nascimento de Francisco Cândido Xavier. Aprovada ainda a periodicidade aos Congressos Espíritas Brasileiros, que deverão acontecer a cada 3 anos.

À conta do transcurso do Sesquicentenário da Revista Espírita, em janeiro de 2008 e da fundação da Sociedade Parisiense de Estudos Espíritas, em abril do mesmo ano, foi aprovada a realização, pelas Federativas, de comemorações alusivas às duas efemérides, ao longo do ano de 2008.

A FEP apresentou Proposta de Declaração de Solidariedade e Reconhecimento a Divaldo Pereira Franco e Francisco Cândido Xavier, aprovando o CFN a Declaração de Reconhecimento a Divaldo Pereira Franco, conforme segue, considerando os pares do Conselho que a homenagem a Francisco Cândido Xavier se deverá concretizar no Congresso de 2010.

 

DECLARAÇÃO DE RECONHECIMENTO

 Considerando o trabalho que vem sendo realizado por Divaldo Pereira Franco em sessenta anos de atividades voltadas à difusão da Doutrina Espírita, completadas neste ano, tendo por referência permanente os ensinos contidos nas obras básicas de Allan Kardec que constituem a Codificação Espírita;

Considerando que, nesse período, através do seu trabalho de constante visitação a múltiplas localidades de nosso mundo, Divaldo Pereira Franco promoveu a criação de inúmeros núcleos de estudo e difusão do Espiritismo no Brasil e no Exterior;

Considerando que esse seu trabalho vem proporcionando o fortalecimento da união dos espíritas e de entidades espíritas, tais como o Conselho Federativo Nacional da Federação Espírita Brasileira e Conselho Espírita Internacional, na execução de suas realizações, bem como a unificação do movimento espírita, dentro dos princípios de liberdade, fraternidade, solidariedade e responsabilidade que a Doutrina Espírita preconiza;

Considerando o trabalho educacional e de promoção social empreendido por Divaldo Pereira Franco, através da Mansão do Caminho, desde 1947, que já atendeu a milhares de cidadãos brasileiros;

Considerando sua extensa e elucidativa obra psicográfica que já ultrapassa duas centenas de obras todas com direitos autorais cedidos a instituições de benemerência, com traduções para catorze idiomas;

Considerando, ainda, o reconhecimento de sua atuação no mundo, que lhe valeu o título de Embaixador para a construção de uma cultura de Paz, pela UNESCO;

O Conselho Federativo Nacional da Federação Espírita Brasileira, reunindo nesta data todas as Entidades Federativas Estaduais que o constituem, resolve manifestar o Reconhecimento de todo o Movimento Espírita brasileiro aqui representado, ao nobre trabalho que continua a ser desenvolvido pelo estimado companheiro de ideal Divaldo Pereira Franco.

 

Conselho Federativo Nacional, em sua Reunião Ordinária
de 11 de novembro de 2007, em Brasília-DF.

 

Assine a versão impressa
Leia também