Jornal Mundo Espírita

Agosto de 2019 Número 1621 Ano 87

Reunião do Conselho Federativo Estadual

janeiro/2009

A manhã abriu suas portas, ensejando avistar-se o astro rei de nosso sistema, o clima de ameno para quente haveria de surpreender os dirigentes do Movimento Espírita paranaense encontrando-se para o café da manhã, num clima único, fraterno e prazeroso; e de expectativa, pois, logo mais, a Federação Espírita do Paraná, nos seus 106 anos de existência, pela vez primeira, faria realizar a reunião do Conselho Federativo Estadual no Interior do Estado, tendo sido escolhido pelos pares do CFE a bela e acolhedora “cidade-canção” Maringá.

Todos se reuniram, pela manhã, na sede da AMEM (Associação Maringaense de Espiritismo) para apreciar o excelente seminário proferido pelo ilustre confrade Henrique Baldovino, da Cidade de Foz de Iguaçu, sobre a Sociedade Parisiense de Estudos Espíritas e sobre a Revista Espírita.  Após o término, encaminharam-se para o almoço coletivo e animado, para logo mais, às 14h, se dar o início da Reunião do Conselho Federativo Estadual que foi realizada nas dependências do Hotel Deville.

A reunião se desenvolveu em clima da mais absoluta fraternidade, presenciada por dirigentes espíritas locais e regionais, convidados para o evento, tendo seu ponto culminante no processo de apreciação e aprovação de 5 (cinco) novos pedidos de filiações de Centros Espíritas à Federativa, elevando o número de filiações no ano de 2008, para 16 (dezesseis) novas filiações, mais de uma por mês, demonstrando o acerto do trabalho de unificação e fraternidade, marca inquestionável da atual direção da FEP. A atividade encerrou-se às 19h30, e, logo após, todos reunidos puderam estreitar os laços da fraternidade em jantar conjunto.

De retorno à faina diária, restou uma certeza inafastável, o movimento espírita paranaense demonstra laços firmes de maturidade e de união, condição necessária à boa e firme divulgação do Espiritismo nas terras das Araucárias.

Assine a versão impressa
Leia também