Jornal Mundo Espírita

Julho de 2019 Número 1620 Ano 87
Notícias das URES Envie para um amigo Imprimir

Reunião da Inter-Regional Leste

dezembro/2012

Completando o ciclo das Reuniões das Inter-Regionais de 2012, realizou-se nos dias 20 e 21 de outubro, no Teatro da Federação Espírita do Paraná – FEP, em Curitiba, a Inter-Regional Leste, que compreende as Uniões Regionais Espíritas – UREs 1ª (sede Paranaguá), 2ª (sede Ponta Grossa), 3ª (sede São Mateus do Sul) e as UREs Metropolitanas Norte, Leste e Oeste.

Na noite de sábado, 20, estiveram reunidos os Presidentes das UREs e das Casas Espíritas com a Diretoria Executiva da FEP, oportunidade em que o Presidente da FEP agradeceu o empenho e trabalho dos Presidentes das UREs que, por razão estatutária, deixaram seus cargos, ao passo que saudou os novos integrantes nas Presidências: Lucilene Rodrigues (1ª URE), Jorge Luiz Wiltenburg (3ª URE), Antonio Carlos Sauerbier D´Andrade (URE MN) e Marli Sokoloski (URE ML).

Luiz Henrique e José Virgílio Goes alternaram-se nas apresentações da composição da Inter-Regional Leste, servindo-se de mapas esclarecedores, contendo número de municípios por URE, população de cada município, números de Centros Espíritas filiados ou não, população atendida pelo Movimento Espírita.

A fala do Presidente concentrou-se nos apelos à União e Unificação, a partir de considerações do próprio Codificador.

Todos os presentes foram agraciados com exemplares dos livros Orientação ao Centro Espírita (FEB), Diretrizes ao Sistema Federativo Estadual, o Livro dos 110 anos da FEP, CD e apostila com relação das Ações doutrinárias empreendidas pela FEP, em 2012 e exemplares do Jornal Mundo Espírita.

No domingo, desde cedo, os trabalhadores das várias Casas Espíritas principiaram a chegar. Ninguém atrasado ainda que a data tenha coincidido com a entrada do horário de verão.

Momento Espírita, programa radiofônico da FEP, há vinte anos no ar, encheu o ambiente com a locução do texto Renovando os ares espirituais.

A partir daí, em clima de feliz descontração, foi composta a mesa diretora com o Presidente da FEP, Luiz Henrique da Silva, o 1º e 2º Vice-Presidentes, Francisco Ferraz Batista e Reginaldo Silva Araújo, os Presidentes das UREs 1ª. – Solange de França, 2ª. – Iara Garbuio de Freitas, 3ª. Jorge Luiz Wiltenburg, URE Norte – Antonio Carlos Sauerbier D´Andrade, URE Leste – Marli Sokoloski , URE Oeste – Fernando Petrosky, o Assessor da Presidência, José Virgílio Goes e o Secretário da Inter-Regional Leste, Marlon Reikdal.

A Equipe da FEP foi apresentada aos quatrocentos e onze participantes presentes ao Teatro. Marlon concitou todos ao trabalho federativo, compondo as áreas, a fim de que as Equipes das UREs fiquem completas à semelhança da composição da Federativa Nacional e Estadual. Enfatizou da necessidade das pessoas se unirem em torno do trabalho espírita, dando o melhor de si.

Na sequência, dividiram-se todos por áreas de interesse, para a realização dos minsseminários, a saber:

Administrativo/Institucional/Unificação: Luiz Henrique da Silva/ Francisco Ferraz Batista/ Reginaldo Silva Araújo/ Sóstenes Carvalho Cornélio e José Virgílio Goes;

Atendimento Espiritual: Maria Rabel/João Edson Alves;

Comunicação Social Espírita: Maria Helena Marcon/Mary Ishiyama;

Estudo da Doutrina Espírita: Cláudia Rojas;

Infância e Juventude: Tatyanna Braga de Moraes/ Elizabeth Martin Bianco Machado/Roger Lopes Andrade/Manuela Vaz Rocha;

Mediunidade: Danilo Luz/ Cesar Kloss;

Serviço Social Espírita: Shou Wen Allegretti/Andréa Dzyekanski.

Os participantes puderam recordar os principais momentos da Conferência Estadual Espírita, realizada em março do ano em curso, através de apresentação em Power Point e de todos os eventos realizados de janeiro a outubro, pelo Estado, conforme agenda previamente aprovada em novembro de 2011 e que foi devidamente cumprida.

Agora, é aguardarmos 2013, para o reiniciar do novo ciclo das Reuniões das Inter-Regionais que, conforme assinalaram os participantes em suas fichas de avaliação, se constitui em oportunidade ímpar de confraternização dos trabalhadores das Casas Espíritas, de troca de experiências, de integração, de enriquecimento de conteúdos, tudo isso se resumindo em um grande esforço pela União e a Unificação dos espíritas.

Assine a versão impressa
Leia também