Jornal Mundo Espírita

Setembro de 2019 Número 1622 Ano 87
Sugestão de Leitura Envie para um amigo Imprimir

Quando a vida responde

junho/2012

A obra foi lançada em 2010, pela Editora Fráter Livros Espíritas. Ao apresentá-la, na mensagem mesma que ao livro confere o título, o Espírito Camilo, pela psicografia de Raul Teixeira, assinala a preocupação do Mundo Espiritual em elucidar os seus irmãos, na Terra.

E escreve: Tomando conhecimento do amontoado de indagações que surgem, a cada hora, em torno dos mais diversificados temas da humanidade, tais como: os relacionamentos familiares; os progressos tecnológicos em face da espiritualidade do ser; o uso ou desuso tanto de drogas químicas quanto de contraceptivos; o abortamento; a eutanásia; a pena de morte; a dor; a separação da morte, dentre outros destacados temas, é justo que nos preocupemos, de algum modo, em cooperar com o esclarecimento geral, diante da renovada visão que passamos a desenvolver, quando nos circuitos da Vida Imperecível.

E descreve como os Espíritos Benfeitores desencarnados se interessam em esclarecer, participando de eventos onde dúvidas são apresentadas, onde há o sincero desejo de aprender, agindo com firmeza e perseverança, procurando cercear a investida irresponsável de entidades aventureiras ou francamente opostas ao movimento de libertação de consciências.

O livro, portanto, é para aqueles que anseiam por respostas às suas dúvidas, respostas que os ajudem a desenvolver mais amplos e profundos raciocínios e adotar melhor posicionamento perante a encarnação, aproveitando a grande oportunidade da vida terrestre.

As respostas às questões formuladas são dadas pelo próprio Raul, como fruto de suas análises e da inspiração dos Espíritos, particularmente de Camilo, somadas aos pareceres de outros Espíritos que habitam as dimensões invisíveis.

São cento e setenta páginas, divididas em cinco entrevistas, permeadas por mensagens mediúnicas de Camilo, Ivan de Albuquerque, Sebastião Lasneau, Waldyr Beira, José Grosso, Guilherme March, Jacy Pacheco, Marília Barbosa, Joaquim Olympio de Paiva, Hermes Fontes, Francisco Raitani e Cornélio Pires.

Os assuntos desfilam de forma dinâmica: localização do mundo espiritual, a mediunidade como instrumento de socorro aos desencarnados sofredores, a divulgação do Espiritismo em regiões interioranas, situações difíceis para muitos espíritas no Mundo Espiritual, relacionamento de grupos espíritas de brasileiros com os nativos nos diversos países em que se localizam, Centros Espíritas não filiados aos órgãos federativos, a eutanásia e a ortotanásia, mensagens mediúnicas de familiares e a questão das evocações, entre outros tantos.

Em cada abordagem, o chamado ao bom senso, alertando de como o fanatismo religioso de qualquer natureza está comumente vinculado à ignorância. Quanto menos as pessoas se interessarem pelo estudo do Espiritismo, tanto mais facilidade encontrarão para fanatizar-se, uma vez que o fanatismo costuma ser consequência da crença irracional de quem não sabe mas bate no peito admitindo saber.

No capítulo Problemas e questões da atualidade se fazem presentes elucidações a respeito dos casamentos homossexuais e adoção de crianças por esses casais, células-tronco embrionárias, embriões congelados, o desmatamento amazônico e a pecuária. Nada mais atual e de interesse de todos os que vivemos no mundo de provas e expiações, ansiando pelo advento da regeneração.

Em cada item, a resposta amadurecida, uma visão mais global sobre o assunto, concitando o leitor a reflexões profundas.

O livro ainda oferta algumas fotos muito interessantes como a de Raul Teixeira, em anos primeiros de sua caminhada oratória; com amigos espíritas em evento internacional e uma especial, que se constitui, com certeza, homenagem de gratidão à sua primeira orientadora de Mocidade Espírita, Lucide Nolasco.

Com índice final de Assuntos e Nomes, auxilia ainda, a localização de detalhes que o leitor deseje pesquisar, em momento oportuno.

Obra de interesse a todo espírita estudioso.

Assine a versão impressa
Leia também