Jornal Mundo Espírita

Abril de 2020 Número 1629 Ano 88

Prece

abril/2013 - Por Eduardo Henrique Araújo

Senhor, há tanto tempo nos bates à porta do coração.

Por infindáveis motivos nos afastamos dos Teus planos de amor.

Comprazemo-nos, nas irrefreadas paixões que nos alegram a alma desventurada.

No entanto, os nossos corações se condoem e necessitam do Teu amparo refazedor.

As frustrações de nossos enganos têm nos cansado o espírito errante.

Ajuda-nos na superação de nós mesmos, no desenvolvimento dos tesouros da alma.

Em nossa pálida vontade, queremos suplicar-te a força para perseverarmos.

Nos embates do dia a dia, que não percamos a vontade de continuar; que a nossa consciência possa nos abrir a alma na esperança de vivenciarmos os Teus ensinamentos.

O nosso coração dorido anseia pela mudança, na esperança de vermos o raiar do dia que a madrugada anuncia.

Obrigado pela nossa existência.

Assine a versão impressa
Leia também