Jornal Mundo Espírita

Outubro de 2020 Número 1635 Ano 88

Pensar bem é fator de vida

maio/2020

Aquietai-vos, e sabei que eu sou Deus.
Salmos 46:10

Vivemos momentos em que nos faltam certezas e alegrias, com sensação de impotência diante da pandemia causada pelo Covid-19, que não mais distingue faixa etária. O vírus segue por caminhos novos a cada instante, e surpreende a todos.

No entanto, há providências individuais e familiares que podemos tomar em contribuição com o bem geral.

A primeira, básica e universal: a higiene do corpo e dos ambientes domésticos, com ênfase na regularidade e na qualidade; o isolamento ou distanciamento social, e todas as demais recomendações da saúde pública de agora ou que venham a ser editadas.

Outra, a da solidariedade, auxiliando como possível aos que mais precisem, os de maior grau de risco de contágio, por exemplo.

Com a universalização da mídia social, providência profilática que cabe a cada um de nós, é a rigorosa seleção na veiculação de notícias. O vírus da desinformação somente contribui com a desordem psíquica e social, é fortemente contagioso e promotor de muitos transtornos, principalmente os velados transtornos emocionais, que minam o íntimo do ser desatento.

Permanecer em atenção com todos os fatos que estejam ao derredor significa termos uma consciência aprofundada do que realmente nos afeta, de que forma somos afetados e como isso pode funcionar a favor de melhor percepção.

Há uma fundamental ação de grande benefício geral e que todos podemos praticar: a requalificação dos padrões mentais, a positividade do pensar, o equilíbrio do sentir e o bom senso no agir.

Se a higiene do corpo e dos ambientes são de suma importância, a higiene mental, sentimental e comportamental é fundamental, pois vem em contribuição nossa e de todos os demais, alicerçando a manifestação da saúde.

Os nossos pensamentos são como os sons de um sino, que fazem vibrar todas as moléculas do ar ambiente.1

A ação da mente sobre a emoção, o corpo e toda a aparelhagem fisiológica, é incontestável.3 É na mente que se iniciam os planos de ação.

O pensamento não é o cérebro. O pensamento é exteriorização da mente, que é originada no Espírito, que possui a faculdade mental de expressar o pensamento e utiliza-se do cérebro humano para comunicar suas ideias.

O Espírito é um feixe de energia pensante.

Nosso corpo segue o modelo organizador biológico, também denominado perispírito, corpo sutil do Espírito, o ser pensante que, essencialmente, a tudo dirige na dinâmica da vida orgânica, conduzindo os implementos mente-corpo.

A mente é dínamo gerador de energia, que se reveste do conteúdo emocional correspondente, e vem interpretada pelo cérebro que a transforma em ideia, que segue comunicada, expressa.

Essa energia é responsável pelos estados de bem ou mal-estar pessoal, de saúde e de doença, ao tempo em que exerce incomparável poder na existência humana, desde que impulsiona o progresso e desenvolvimento pessoal e social.

O que o mundo mais precisa no momento é de união, solidariedade e tolerância. Tal postura formata a harmonia, e dá tempo para a construção das soluções de tão magno problema.

Pensar bem é fator de vida que propicia a conquista da Vida.

Introspecção, alegria, reflexão, cultivo de ideias superiores, oração, constituem terapias avançadas, com os seus efeitos vibracionais positivos, em favor de quem os mantenha, produzindo saúde pela recomposição do equilíbrio psicofísico.2

A vacina essencial que podemos inocular em nós mesmos e em nossos entes queridos, desde agora, que atuará diretamente em nosso sistema imunológico, é composta das práticas registradas acima de introspecção, alegria, reflexão, cultivo de ideias superiores, oração, que nos darão mente aquietada e coração compassivo. E mais: sono reparador, alimentação equilibrada e leve, exercícios físicos e respiratórios, tomar sol diariamente, meditação, que gera clareza mental, tranquilidade e vitalidade. Tudo em combinação com equilíbrio emocional e harmonia familiar, com a colaboração de todos em tudo.

Paciência, ânimo e coragem.

Anotemos a recomendação3:

Irriga o teu organismo com pensamentos saudáveis.

Grande número de enfermidades se deve à ociosidade mental, ao desânimo, à revolta, às ideias autodestrutivas.

Canaliza o teu modo de pensar para as questões agradáveis, salutares, otimistas, e viverás sob o seu reflexo, desfrutando do bem-estar que se irradiará a outros, mimetizando e produzindo paz.

Confiemos em Deus, porque nos encontramos constantemente, em presença da Divindade; nenhuma das nossas ações lhe podemos subtrair ao olhar; o nosso pensamento está em contacto ininterrupto com o seu pensamento, havendo, pois, razão para dizer-se que Deus vê os mais profundos refolhos do nosso coração. “Estamos nele, como ele está em nós”, segundo a palavra do Cristo.1

 

Referências:

1 KARDEC, Allan. A gênese – Os milagres e as predições segundo o Espiritismo. Rio de Janeiro: FEB, 2002. cap. II, item 24.

2 FRANCO, Divaldo Pereira. Autodescobrimento – Uma busca interior. Pelo Espírito Joanna de Ângelis. Salvador: LEAL, 1995. cap. 2, item Distonias e suas consequências.

3 ______. Vida feliz. Pelo Espírito Joanna de Ângelis. Salvador: LEAL, 2000. cap. CLXV.

Assine a versão impressa
Leia também