Jornal Mundo Espírita

Setembro de 2019 Número 1622 Ano 87
Sugestão de Leitura Envie para um amigo Imprimir

Parábolas de Jesus – Texto e Contexto

dezembro/2011

Esta obra fascinante não é um manual de técnicas para interpretação das parábolas. É, antes de tudo, um mergulho no universo de Jesus, onde o autor, que fala com a legitimidade de quem se tornou uma grande autoridade na interpretação dos textos bíblicos, além de ter recebido reconhecimento da comunidade rabínica de Israel, procura desenvolver algumas sensibilidades mínimas e indispensáveis no leitor.

Os primeiros capítulos farão você transcender a condição humana e enxergar a vida e a religiosidade através de uma perspectiva grandiosa.

Exercitaremos a habilidade para entender a linguagem usada por Jesus e conhecermos as armadilhas desse mundo, de modo que não se repitam os mesmos erros e vícios de interpretação até agora cometidos ao longo da história.

Texto é o que está por baixo de sua superfície, Contexto, também são enfocados. Quantas mensagens subliminares exigem atenção do leitor, sem que isso esteja explícito?!

Os evangelistas usavam modelos da tradição hebraica. Esses modelos são os gêneros literários. Muito do conteúdo de um texto está relacionado e limitado pelo gênero em que foi escrito.

Os testamentos estão cheios de poesias. Jesus também falou em poesia, além de parábolas. “A parábola provoca um sentimento e quer que você viva uma experiência. É nesse mar da linguagem figurada que o leitor irá navegar”. (Haroldo Dutra Dias)

No último capítulo da obra, toda caixa de ferramentas será aberta e todas as sensibilidades serão aguçadas.

Experimentaremos todas as cores, aromas e sabores de uma das mais famosas parábolas do Evangelho, a do Bom Samaritano.

Autor: Haroldo Dutra Dias
Editora: FEP

Assine a versão impressa
Leia também