Jornal Mundo Espírita

Agosto de 2019 Número 1621 Ano 87

Para se renovar

março/2007 - Por André Fernandes.

 

Não se demore na estrada

A lamentar o passado,

Pois, não alterará nada

Do quanto haja praticado.

 

O Pai do Céu recomenda

Como expressiva lição,

Que cada um desfaça a venda

P’ra ter refeita a visão.

 

A ordem dos Céus é clara:

Se quiser se renovar,

É só o amor que repara

Todo o nosso jornadear.

 

Nenhum erro se resolve

Com pranto, grito ou chilique.

O que a sombra em nós dissolve

É labor que dignifique.

 

Não há que viver sofrido,

Levando o mundo nos ombros.

O bem passa a ser vivido

Quando se sai dos escombros.

 

Agradeça em cada dia

Tudo o que lhe vem de Deus:

Todo o trabalho e a alegria

Com que vive junto aos seus.

 

Viva com mais esperança

E coragem nos intentos.

Deus, que é o Senhor da abastança,

Aspira por seus portentos.

 

Se houve algum erro na estrada,

Gerando remorso e dor,

Acerte a sua caminhada,

Entregue a vida ao Senhor.

 

Evite a lamentação,

Se a paz deseja encontrar,

Pois quem quer renovação

Não para de trabalhar.

 

  Mensagem psicografada por Raul Teixeira, em 06.3.2006,
na Sociedade Espírita Fraternidade, Niterói-RJ.

Assine a versão impressa
Leia também