Jornal Mundo Espírita

Setembro de 2019 Número 1622 Ano 87
Notícias das URES Envie para um amigo Imprimir

Movimento Espírita do Paraná

novembro/2009

Janeiro de 1947. Um pequeno grupo de idealizadores espíritas motivados por Agripino Theodoro de Souza reúne-se em um espaço bondosamente cedido pelo Centro Espírita Fé, Amor e Caridade em sua sede, sito à Av. República Argentina, em Curitiba. No dia 31 do mesmo mês, o grupo dá vazão aos seus objetivos e ideais, fundando a Irmandade Espírita “Os Caminheiros do Bem”, sendo sua primeira diretoria constituída por: presidente: Maria Barbosa; vice-presidente: Agripino Theodoro de Souza, (também acumulando a função de Diretor dos trabalhos espirituais); tesoureira: Belmira Galvão; secretaria: Maria de Lourdes Cavazzini. Ainda fizeram parte desta assembléia as irmãs Elvira Runsel, Helena de Souza Celina de Lozada e o irmão Narciso Marques.

Em abril deste mesmo ano, o Templo de Estudos Luz do Invisível, sito à Av. República Argentina, 1875, representado por seu presidente, cede seus espaços, colhendo a Irmandade e dando lugar para que a nova instituição espírita seja solidificada. Ali foram elaborados os estatutos e filiação à Casa Máter, Federação Espírita do Paraná. Necessário se faz dizer que a Irmandade, desde seus primeiros momentos, ali instalada, manteve sempre um bom relacionamento com a casa que os acolheu, participando de todas as suas atividades e havendo muita reciprocidade, a qual consta em todos os arquivos desta Casa.

A permanência acolhedora nas dependências do Templo de Estudo Luz do Invisível estendeu-se até o ano de  1951, quando, então, se instala em uma sede provisória localizada no bairro do Portão, sito a R. Tupiniquins, 550, mantendo uma continuidade ininterrupta nas suas atividades doutrinárias e administrativas. Na área doutrinária mantém o evento “Movimento Jovem André Luiz” e filia-se à Federação Espírita do Paraná. Por orientação da Federação, o nome da Irmandade foi substituído por União, passando então a denominar-se União Espírita “Os caminheiros do Bem”. Na área administrativa é registrado seu estatuto em cartório, passando a existir juridicamente e fazendo parte legal da Sociedade Paranaense e assim segue rumo à aquisição de um terreno para a construção de sua sede própria. Em maio de 1955, o presidente apresentou a escritura de doação pelo município de Curitiba, lote 95 – Planta Regina – Portão – Curitiba .

Começa, assim, toda a movimentação pró-construção: Campanha de Materiais, recursos financeiros, comissões, projetos de plantas, etc. É um trabalho incansável e de muita luta daquele grupo que começou em 1955, mas que se viu coroado de êxitos em seus objetivos no ano de 1957 com a construção da sede; a princípio feita de madeira, porém muito confortável, que ficava situada na R. Caetano Marchesini, 30 – Vila Regina – Portão. Nascia, ali, o Centro União Espírita “Os Caminheiros do Bem”.

Após esta fase pioneira, o Centro União Espírita “Os Caminheiros do Bem” passou por muitas transformações no campo administrativo, patrimonial e doutrinário. Hoje, é um Centro bem organizado, em ótima localização, tendo uma excelente frequência nos inúmeros trabalhos públicos, estudos e práticas mediúnicas. A todos os diretores, trabalhadores e colaboradores que contribuíram de alguma forma para a concretização de nossa Casa, os nossos mais sinceros agradecimentos.

A União Espírita Caminheiros do Bem fica na Rua Caetano Marchesini, 517, Portão, em Curitiba-PR.

 

 

Sociedade Espírita a Caminho da Luz   – Guarapuava

Teve inicio na década de 60 com um grupo familiar, em 1969.

Logo após, Pedro Telles de Souza, vindo de Santa Catarina, veio somar ao grupo a sua já grande experiência e conhecimento no Espiritismo, para torná-lo, a partir daí ,mais expressivo.  Resolveu então, fundar uma Casa Espírita no seu próprio terreno, construindo uma casa especificamente para as atividades espíritas , em 31 de março de 1970, registrada após alguns meses de atividades.

Em 1976 a Casa filiou-se à Federação Espírita do Paraná. Neste mesmo ano mudamos para um terreno próprio doado por um amigo,  Antonio Lustosa, e, fato ate curioso, a reconstrução da Casa foi feita parte em terreno alheio por demarcação errada da Prefeitura na época. Por este motivo, para não haver transtornos, a FEP adquiriu o terreno “invadido” pela construção, incorporando-o ao outro que já era legalizado.

Hoje temos cerca de 200m2 de área construída em nossa querida cidade de Guarapuava.

Um dos fatos que enobrecem a nossa Casa é a presença de vários oradores que, em nome do esclarecimento e do enobrecimento dos que aqui comparecem, trouxeram a mensagem do Cristo para nossa cidade, utilizando-se de nossa humilde Casa no decorrer destes anos.

Destacamos entre eles o nosso querido irmão Raul Teixeira, que aqui esteve quando nossa Casa ainda era de madeira, trazendo suas palavras de paz, perseverança e esclarecimento,há mais de 20 anos; e esta alegria, sentida desde a  fundação da Casa, repartimos com todos os que aqui estiveram ou já foram chamados pelo Pai.

Gostaríamos de destacar  nosso mentor e fundador, Pedro Telles de Souza que, após mais de 50 anos em Santa Catarina, se doou por inteiro, lutando sozinho ,através das muitas leituras dos já existentes livros do nosso querido Chico Xavier e do sempre esclarecedor Allan Kardec,  contra o preconceito e a ignorância da época, quando havia muita dificuldade em se colocar uma nova ideia ou uma nova visão sobre Deus e os seus verdadeiros princípios.

A Sociedade Espírita A Caminho da Luz fica na Rua Domingos Caetano do Amaral, 22, Vila Pequena, em Guarapuava – PR.

 

Assine a versão impressa
Leia também