Jornal Mundo Espírita

Maio de 2019 Número 1618 Ano 87

Lições para a vida

Pesquisadores desenvolvem sorvete que diminui os efeitos colaterais da quimioterapia

maio/2019

Pesquisadores da Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC desenvolveram um sorvete que ajuda a diminuir os efeitos colaterais da quimioterapia em pacientes com câncer. Ele funciona como um complemento alimentar e, para testar a aceitação e analisar os resultados foi servido, por um ano, aos pacientes do Hospital Universitário, em três sabores: morango, chocolate e limão.

Pesquisa

Uma das nutricionistas responsáveis pela pesquisa é a professora Raquel Kuerten de Salles, do departamento de Nutrição da UFSC. Por ser gelado, ele ajuda a anestesiar a cavidade bucal, que é uma das consequências do tratamento, que são as mucosites, sapinhos, enfim, que tanto dificultam a ingestão alimentar, disse ela.

O sorvete leva fruta e outros ingredientes. Tem ainda azeite de oliva desodorizado, não tem lactose nem glúten.

O sorvete foi desenvolvido em parceria com uma fábrica de Florianópolis, que levou seis meses para chegar à fórmula desejada pelas nutricionistas.

Nós fazíamos um sorvete que era muito próximo do que elas gostariam que fizéssemos. O desafio era introduzir uma gordura de maior valor nutricional, que seria o azeite de oliva desodorizado, e uma quantidade grande de proteína. Para um sorvete isso é muito difícil, disse o diretor de desenvolvimento de produtos Marcelo Baracuhy.

Os pacientes aprovaram a novidade. Desce fácil, é maravilhoso. Os sabores são todos muito bem escolhidos para não dar nem um pouco de náusea.

Um deles afirmou que a recuperação melhorou depois do consumo do sorvete.

https://g1.globo.com/sc/santa-catarina/noticia/2018/08/30/pesquisadores-da-
ufsc-desenvolvem-sorvete-que-ajuda-a-diminuir-os-efeitos-colaterais-da-quimioterapia.ghtml

Assine a versão impressa
Leia também