Jornal Mundo Espírita

Dezembro de 2018 Número 1613 Ano 86

Lições para a vida

Professora ganha três milhões e doa para a educação

junho/2015

Uma professora de Literatura ganhou um milhão de dólares, mais de três milhões e trezentos mil reais e doou tudo para melhorar os métodos de Educação.

A premiação do Professor Global foi no mês de março, em Dubai, nos Emirados Árabes.

Depois de quarenta e dois anos de trabalho com métodos inovadores e pioneiros no ensino de literatura, Nancie Atwell, dos Estados Unidos, anunciou que pretende doar o valor total do prêmio para o Centro de Ensino e Aprendizagem, que ela fundou em 1990, em Edgecomb, Maine.

É uma escola sem fins lucrativos, criada para desenvolver e divulgar os métodos de ensino.

A escola diz que 97% dos seus diplomados vão para a universidade.
Atwell disse que ganhar o prêmio é uma despedida para o trabalho de sua vida, mas que sua verdadeira premiação vem das respostas dos alunos.

Eu acho que eu sou premiada todos os dias só pelas experiências que tenho com as crianças na sala de aula, disse à Associated Press, após receber o prêmio.

Atwell foi selecionada entre mil e trezentos candidatos de cento e vinte e sete países.

Os dez finalistas, que incluíam outros dois professores dos Estados Unidos e outros do Afeganistão, Índia, Haiti, Camboja, Malásia, Quênia e Reino Unido, foram levados para Dubai, Emirados Árabes Unidos, para a cerimônia.
O vencedor foi anunciado no palco por Sunny Varkey, fundador da organização sem fins lucrativos Fundação Varkey – que se concentra em questões de educação – e fundador da empresa de educação sem fins lucrativos GEMS, que tem mais de cento e trinta escolas de todo o mundo.

O prêmio foi criado para ser o maior prêmio de sua espécie e para servir como uma espécie de Prêmio Nobel de um professor excepcional, a cada ano.

www.sonoticiaboa.com.br

 

Da obra Conduta Espírita, da psicografia de Waldo Vieira, colhemos as exortações do Espírito André Luiz, no capítulo 42, Perante a Instrução:

Em todas as circunstâncias, lembrar-se de que o Espiritismo expressa, antes de tudo, obra de educação, integrando a alma humana nos padrões do Divino Mestre.

Cultura atendida, progresso mais fácil.

E nos conclama a nos solidarizarmos com os empreendimentos que visem a alfabetização de crianças, jovens e adultos.

O alfabeto é o primeiro degrau de ascensão à cultura.

Sigamos os bons exemplos e as advertências espirituais.

Assine a versão impressa
Leia também