Jornal Mundo Espírita

Setembro de 2019 Número 1622 Ano 87

Kardec estudado em apenas um ano

agosto/2019 - Por Affonso Soares

Lendo apenas seis páginas por dia, ao cabo de um ano

teremos percorrido todos os livros de Allan Kardec

 

Dentre as inúmeras qualidades da saudosa irmã Yvonne do Amaral Pereira, como espírita e médium, avultava, sem dúvida alguma, sua incondicional fidelidade ao critério de Allan Kardec, ao conteúdo de sua obra, cuja substância ela sempre tomou como guia por excelência para toda e qualquer atividade nos campos mediúnico e doutrinário.

Para que assim fosse, ela certamente deveria estudar sistematicamente os cinco pilares da Codificação com método, o que, obviamente, implicaria regularidade, paciência, disciplina.

Lembramo-nos, mesmo, de que numa das incontáveis ocasiões em que dela recebíamos a caridosa gentileza de uma paciente atenção, de um fraterno diálogo, ela chegou a declarar que não passava um ano sem que houvesse lido os livros de Allan Kardec.

 Guardamos a lição, mas à época não nos interessamos em saber como a querida irmã levava a cabo tal programa de estudo.

O tempo passou sobre nossas lides na regeneradora seara de serviços e aprendizados do Espiritismo cristão e muito nos têm sustentado as inesquecíveis lições da querida médium.

Nos últimos tempos nossa alma se inclina a uma leitura mais regular dos livros fundamentais da Revelação Espírita, seja por necessidades íntimas, seja por necessidades decorrentes do próprio trabalho, seja também por verificarmos quantos prejuízos nascem para o movimento espírita quando negligenciamos o contato permanente com as obras fundamentais do Espiritismo.

Pela despreocupação em registrar o método de estudo de Yvonne A. Pereira, cuidamos em imaginar se seria possível, efetivamente, um estudo anual da Codificação, e qual não foi a nossa surpresa quando verificamos a extrema facilidade em programar tão útil empresa.

Constatando que  o texto daqueles cinco livros, nas edições da FEB, atinge cerca de 2.200 páginas, dividimos esse número pelos dias do ano e chegamos à conclusão de que lendo apenas seis páginas por dia, ao cabo de um ano, teremos percorridos todos os livros de Allan Kardec!

 Inicia-se com O Livro dos Espíritos, segue-se em O Livro dos Médiuns, O Evangelho segundo o Espiritismo, O Céu e o Inferno, para concluir-se com A Gênese.

 Não se tratará de mera e superficial leitura. Destinando-se pelos menos vinte a trinta minutos diários ao conteúdo das seis páginas, pode-se realizar um efetivo estudo.

 Já iniciamos nosso programa, e como temos o Esperanto como segunda língua, consolidamos nossos conhecimentos do admirável idioma internacional pela leitura das boas traduções publicadas pela FEB, incluindo a de A Gênese.

 O esforço é mínimo, mas a recompensa é inestimável!

Reproduzido da revista Reformador, edição FEB, julho de 2002.

Assine a versão impressa
Leia também