Jornal Mundo Espírita

Setembro de 2020 Número 1634 Ano 88

Jovem, “tudo quanto fizerdes, fazei-o de todo coração.”

maio/2020

Jovem, “tudo quanto fizerdes, fazei-o de todo coração.”
Paulo – Cl, 3:23

14º Encontro Espírita de Verão – EEV

Recanto Lins de Vasconcellos, Balsa Nova, dias 22 a 25 de fevereiro demarcaram a realização do Encontro, para jovens de 13 a 21 anos, integrantes das Juventudes Espíritas da Inter-Regional Metropolitana (Uniões Regionais Espíritas – UREs Metropolitanas Leste, Norte, Oeste).

A participação em ao menos uma das duas prévias realizadas na Federação Espírita do Paraná, em 2019, foi um dos requisitos para o evento, que reuniu cento e setenta e dois jovens e setenta trabalhadores.

Os oito grupos de estudos receberam nomes de personalidades que dedicaram sua juventude e suas vidas ao Cristianismo e/ou ao Espiritismo, como o Evangelista João, Francisco Cândido Xavier, Raul Teixeira, Yvonne do Amaral Pereira, entre outros. Os grupos da Arte receberam nomes de virtudes, como Integridade, Gratidão, Responsabilidade e Humildade.

Foram quatro dias que proporcionaram reflexões, uma infinidade de aprendizados, um carrossel de emoções, amizades, abraços acolhedores. Afinal de contas, de todo o coração, nos reunimos mais uma vez, envoltos pelo amor do Cristo, que afirmou: Onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles. (Mt, 18:20)

Fabiane Ferreira
Fotos: Equipe EEV

13º Encontro de Juventudes Espíritas da Inter-Regional Noroeste – ENJUVESP

As UREs 7ª (Maringá), 8ª (Nova Esperança), 9ª (Umuarama) e 11ª (Campo Mourão) realizaram a 13ª edição do ENJUVESP, na  Universidade Tecnológica Federal do Paraná –  UTFPR, sede Campo Mourão, nas datas de 22 a 24 de fevereiro.

Com organização geral do DIJ/11ª URE e coordenação doutrinária de Sandra Della Pola e Aline Roland de Jesus, de Porto Alegre, RS, o início contou com atividade de visitação a salas temáticas, que retomaram o conteúdo das prévias e nortearam algumas das reflexões desenvolvidas ao longo do Encontro.

A programação contou com a realização de vôlei de lençol, intitulado Vôlei dos Caravaneiros, em referência à Caravana da Fraternidade, seguido de plenária, com o objetivo de problematizar a atividade e seus aprendizados. Houve montagem de mosaicos, pelos grupos, com a formação de imagens que remetiam a diretrizes ofertadas pelo apóstolo Paulo de Tarso, em suas epístolas.

Também plenárias, cine-debate, esquetes e música.

Neusa Ciriaco Coppola
Fotos: Edson Mundin Ferreira  

Momento Jovem na XXII Conferência Estadual Espírita

Na tarde de sábado, 14 de março, jovens de todo o Estado, na faixa etária de 12 a 21 anos, tiveram o seu Momento exclusivo com os conferencistas Sandra Borba Pereira e André Trigueiro.

Os convidados responderam a perguntas formuladas pelos jovens, previamente selecionadas, em trabalho articulado entre o DIJ/FEP e DIJ/UREs.

As questões elaboradas refletiram a preocupação  quanto à responsabilidade dos seus atos em relação ao próximo e ao meio ambiente; a Lei de Causa e Efeito; o desenvolvimento da consciência através do autoconhecimento; a busca da vivência das Leis Divinas e, em especial, seu posicionamento como espíritas frente à realidade social em que estão inseridos.

Dois dos participantes da CONBRAJE Nacional compuseram a mesa, direcionando a formulação das questões, ao lado do presidente da FEP, Luiz Henrique da Silva, a diretora do DIJ, Elizabeth Bianco Machado e os conferencistas.

Em suas respostas, Sandra, com sua habitual alegria, trouxe descontração a todos. Também profundas reflexões para o jovem espírita, compartilhando de seu conhecimento e suas experiências como dedicada trabalhadora do Movimento Espírita Nacional.

André, com sua fala eloquente, sensibilizou a juventude no sentido de atentar para os cuidados com o planeta, a responsabilidade e a força que cada um tem e a atuação positiva na sociedade.

Foram momentos especiais nos quais os jovens puderam confraternizar, refletir e se emocionar, cantando, conduzidos por Cristina e Marcelo Pereira, a música Força do Bem.

O recado foi dado e todos deixaram o local com a certeza de que é na força do um, com a força do bem, que despertamos nossas consciências e podemos, juntos, com responsabilidade, transformar a sociedade atual criando um mundo melhor para se viver.

Fotos: Ari Almeida

Assine a versão impressa
Leia também