Jornal Mundo Espírita

Dezembro de 2018 Número 1613 Ano 86

Jornada Espírita no Rio Grande do Sul

outubro/2018 - Por Paulo Salerno

Divaldo esteve em sete cidades, no Estado gaúcho, de 16 a 24 de agosto, iniciando seu périplo com a recepção de uma homenagem, materializada em uma placa, da Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul, na capital.

No discurso de gratidão, Divaldo afirmou que o mérito da homenagem pertence à Doutrina Espírita, transferindo-a para o Espiritismo e à Federação Espírita do Rio Grande do Sul.

A partir do dia 17, proferiu seminários e palestras, começando em Porto Alegre, no Teatro São Pedro.

Os docentes dos cursos da Série Psicológica Joanna de Ângelis da Associação Médico-Espírita do Rio Grande do Sul lhe prestaram significativa homenagem  e à Mentora Espiritual.

Novo Hamburgo foi a próxima cidade a receber a presença de Divaldo, com o minisseminário A jornada heroica da alma, iniciado com momento artístico do Coral do Centro Espírita Fé, Luz e Caridade.

Para conferência, sob os auspícios da Liga Espírita Pelotense, Divaldo esteve em Pelotas, a Princesa do Sul, no histórico Theatro Guarany, dia 19. Em Bagé, na sequência, no Ginásio Presidente Médici – Militão, com mais de quatro mil presentes, recebeu o título de Cidadão Honorário.

A artista plástica Tânia Lemos o presenteou com uma pintura de sua autoria, retratando a Benfeitora Joanna de Ângelis.

O homenageado agradeceu aos nobres edis, às diversas autoridades e ao público que o vieram homenagear, apesar da noite gélida.

Seguindo a Santana do Livramento, o filho de Feira de Santana foi entrevistado pela TV uruguaia.

A conferência contou com a presença das lideranças espíritas locais, regionais e estadual, líderes e espíritas uruguaios, bem como representantes do poder público do executivo municipal. O Ginásio Irajá, lotado, ouviu o orador que, entre tantas referências, enalteceu e incentivou o hábito da oração.

O Secretário Municipal de Desenvolvimento, representando o Executivo Municipal entregou o Decreto que estabelece Divaldo como hóspede oficial e a União Municipal Espírita o presenteou com uma escultura, cópia do obelisco que assinala o marco da Fronteira da Paz, que une as cidades Santana do Livramento, no Brasil e Rivera, no Uruguai.

O Ginásio de Esporte do Regimento Mallet, em Santa Maria, mal comportou o público ávido para escutar as reflexões que seriam apresentadas por Divaldo Pereira Franco, no dia 22.

Mais tarde, em jantar íntimo, o Abrigo Espírita Oscar José Pithan ofereceu ao nobre conferencista uma placa comemorativa às inúmeras participações no seu Mês Espírita, já em 29ª edição.

Dia seguinte, em Santa Cruz do Sul, o incansável seareiro coordenou os minisseminários Tesouros Libertadores e Pelos caminhos de Jesus e visitou o Educandário Thales Theisen, recebendo o carinho das crianças.

Em todas as atividades, Juan Danilo Rodriguez esteve com Divaldo, em muitas oportunidades tomando da palavra, ora para enaltecer o trabalho da Mansão do Caminho, na Bahia, ora abrilhantando os momentos com sua também palavra lúcida e doutrinária.

Foto: Jorge Moehlecke

Assine a versão impressa
Leia também