Jornal Mundo Espírita

Junho de 2019 Número 1619 Ano 87
Notícias das URES Envie para um amigo Imprimir

Inter-Regional Oeste

julho/2018 - Por Edizio Alencar Farias

Senhor, que queres que eu faça?
Atos, 22:10

A indagação, proferida pelo Apóstolo Paulo, no seu encontro com Jesus, às portas de Damasco, direciona as reflexões do ciclo das Inter-Regionais do ano 2018, iniciado em Foz do Iguaçu, em 20 de maio.

Fazia frio, mas não nos corações que se reencontravam ou estabeleciam laços iniciais de afeto e amizade.

Adriano Lino Greca, presidente da Federação Espírita do Paraná – FEP, trouxe profundas considerações ao tema central, abrindo as atividades da manhã, no Centro Universitário UDC, ao ler alguns trechos da apresentação da obra mediúnica de Francisco Cândido Xavier/Emmanuel: Paulo e Estêvão.

 Em toda parte há tendências à ociosidade do espírito e manifestações de menor esforço. Muitos discípulos disputam as prerrogativas de Estado, enquanto outros, distanciados voluntariamente do trabalho justo, suplicam a proteção sobrenatural do Céu. Templos e devotos entregam-se, gostosamente, às situações acomodatícias, preferindo as dominações e regalos de ordem material.

Queremos recordar que Paulo recebeu a dádiva santa da visão gloriosa do Mestre, às portas de Damasco, mas não podemos esquecer a declaração de Jesus relativa ao sofrimento que o aguardava, por amor ao seu nome.

Entre ele e Jesus havia um abismo, que o Apóstolo soube transpor em decênios de luta redentora e constante.

E distendeu-se Adriano discorrendo a respeito dos compromissos pessoais, das tarefas que a cada um cabe atender, da tomada de consciência que nos deve conduzir a indagação: Senhor, que queres que eu faça?

Com o presidente, compunham a mesa diretiva Luiz Henrique da Silva, 1º vice-presidente da FEP; Laudelino Risso, presidente da 10ª União Regional Espírita – URE, Cascavel; José Marcelo Rocha Aranha, presidente da 17ª URE, Palotina; Ricardo Antônio Xavier Segundo, presidente da 13ª URE, Foz do Iguaçu, anfitriã; e Edizio Alencar Farias, secretário da Inter- Regional Oeste.

Duzentos e quarenta trabalhadores, de várias Casas Espíritas, de distantes e próximos municípios se acomodaram no amplo auditório.

As atividades setoriais ficaram a cargo dos coordenadores: Adriano Lino Greca/Luiz Henrique da Silva – Administrativo/Institucional; Miriam Feuerharmel – Assistência e Promoção Social Espírita; Maria Rabel – Atendimento Espiritual no Centro Espírita; Maria Helena Marcon – Comunicação Social Espírita; Karina Greca/Cláudia Rojas – Estudo da Doutrina Espírita; Elizabeth Martins Bianco Machado/Elisângela Dias de Toledo – Infância e Juventude; Danilo Arruda da Luz/Cristiane Sato – Mediunidade; Lannes Boljevac Csucsuly/Marco Antônio Negrão/Sóstenes Carvalho Cornélio –  Unificação/Expansão do Movimento Espírita.

O encerramento se tornou emocionante, com a palavra de Adriano, tornando a reportar-se aos registros da experiência iluminativa e de tomada de consciência de Paulo de Tarso, ficando gravada no templo de cada coração dos trabalhadores a sublime pergunta, que certamente irá ecoar em todas as atividades dos tarefeiros do bem: Senhor, que queres que eu faça?

E a culminância das benditas atividades se deu com a palavra do Espírito Bezerra de Menezes, através da psicofonia de Divaldo Pereira Franco, gravação efetivada no Expotrade, em Pinhais, na XX Conferência Estadual Espírita, em março passado.

No sábado, 19, no Centro Espírita Paz, Amor e Caridade, realizaram-se as reuniões com as coordenadorias setoriais da FEP/UREs, à tarde e à noite, com a Diretoria Executiva da FEP/Presidentes das Casas Espíritas e das três UREs.

Vinte e quatro centros espíritas estiveram representados, compreendendo os municípios de: Assis Chateaubriand, Capanema, Cascavel, Formosa do Oeste, Foz do Iguaçu, Guaíra, Marechal Cândido Rondon, Medianeira, Palotina, Realeza, Santa Helena, Santa Tereza do Oeste, Santa Terezinha de Itaipu, São Miguel do Iguaçu e Toledo.

Assine a versão impressa
Leia também