Jornal Mundo Espírita

Setembro de 2019 Número 1622 Ano 87
Notícias das URES Envie para um amigo Imprimir

Inter-Regional Oeste

Márcia Regina Ciambroni

julho/2019

O Espiritismo possui os elementos indispensáveis para operar a mudança social.1
Vianna de Carvalho

Nos dias 18 e 19 de maio realizou-se a primeira Inter-Regional, do ano de 2019, na região Oeste, com as  UREs: 10ª (Cascavel), 13ª (Foz do Iguaçu) e 17ª (Palotina).

A URE anfitriã foi a 17ª,  mas, na proposta de descentralização e maior participação das Casas Espíritas, as atividades foram desenvolvidas em Marechal Cândido Rondon e a Sociedade Espírita Allan Kardec cedeu as suas instalações para as reuniões do sábado,18.

As coordenadorias das Áreas FEP/UREs trabalharam à tarde, enquanto os Presidentes das UREs e Casas Espíritas com a Diretoria Executiva da FEP o fizeram à noite. Ao todo foram sessenta e quatro participantes, representando vinte e seis Casas Espíritas de onze municípios: Assis Chateaubriand, Cascavel, Foz do Iguaçu, Guaíra, Marechal Cândido Rondon, Medianeira, Palotina, Realeza, Santa Helena, São Miguel do Iguaçu e Toledo.

No domingo, 19, antes do horário previsto para o início dos trabalhos, que tiveram lugar no União Rondonense de Ensino e Cultura Ltda – ISEPE RONDON, o Coral Família e Música, de Cascavel, se posicionou no palco do auditório, recepcionando os companheiros espíritas com belas e harmoniosas canções.

A mesa diretora foi composta pelo presidente e primeiro vice da FEP, Adriano Lino Greca e Luiz Henrique da Silva; os presidentes das UREs: 10ª Laudelino Risso; 13ª Ricardo Antônio Xavier Segundo e 17ª José Marcelo Rocha Aranha; e o secretário da Inter-Regional Oeste, Luiz Augustinho Priester.

Após a alocução do presidente da FEP, que recordou os 70 anos da assinatura do Pacto Áureo e dizeres do Codificador em suas viagens, os trabalhadores das Casas Espíritas se dividiram por Área de atuação, conforme inscrições prévias: Administrativo/Institucional (Adriano Lino Greca e Luiz Henrique da Silva); Atendimento Espiritual no Centro Espírita – AECE (Maria Rabel); Assistência e Promoção Social Espírita – APSE (Miriam Feuerharmel); Comunicação Social Espírita – CSE (Maria Helena Marcon); Estudo da Doutrina Espírita (Karina Greca); Mediunidade (Danilo Luz e Juliana Sípoli Col); Orientação à Infância e Juventude (Elisabeth Bianco Machado e Elisângela Dias de Toledo) e Unificação e Expansão do Movimento Espírita (Lannes Boljevac Csucsuly, Marco Antônio Negrão e Sóstenes Carvalho Cornélio), num total de duzentos e um participantes.

Em todos os setores, a par das questões específicas, foi trabalhada a mensagem norteadora1, da qual destacamos:

O espírita verdadeiro não se sente completado, mas em construção evolutiva. Estuda sempre, observando as ocorrências e buscando retirar o melhor proveito, a fim de crescer emocionalmente sempre mais.

A Livraria Mundo Espírita (Sandra Mara Negrão), no seu projeto itinerante, atendeu aos interessados, que buscavam, principalmente, as obras mencionadas pelos coordenadores, em suas áreas.

Foi mais um encontro de corações voltados à troca de experiências, intencionando o fortalecimento das tarefas que têm sob sua responsabilidade nas Casas Espíritas em que laboram, sob a inspiração de inúmeros irmãos da Espiritualidade Superior que, certamente, se fizeram presentes, tendo como Guia Jesus, nosso Mestre Maior.

Referência:

1.FRANCO, Divaldo Pereira. Espiritismo e Vida. Pelo Espírito Vianna de Carvalho. Salvador: LEAL, 2009. cap. 6.

Assine a versão impressa
Leia também