Jornal Mundo Espírita

Setembro de 2019 Número 1622 Ano 87
Notícias das URES Envie para um amigo Imprimir

Inter-Regional Norte

setembro/2016

A Inter-Regional teve seu início no sábado à noite, 23 de julho, no Centro de Estudos Espíritas Vinha de Luz, em Londrina, com reunião voltada a dirigentes e representantes das Casas Espíritas e Uniões Regionais Espíritas – UREs. Vinte e sete casas espíritas de doze municípios da 4ª URE (sede Bandeirantes), 5ª (sede Cornélio Procópio), 6ª (sede Apucarana) e 16ª (sede Londrina) se fizeram representar junto aos Presidentes das UREs, Dorival da Silva, José Gonçalves de Rezende Neto, Ilda da Rocha Carlesse, Marinei Ferreira de Rezende e a secretária da Inter-Regional, Maria Aparecida dos Santos.

Após breve explanação sobre o tema norteador Unidos para construir o futuro, inspirado em mensagem de Lins de Vasconcellos, a dinâmica girou em torno do Curso de Qualificação do Trabalhador Espírita, que se encontra em sua quarta fase, quando os multiplicadores atuam em suas regiões, diretamente com os trabalhadores das casas espíritas.

Multiplicadores das UREs 6ª e 16ª UREs, presentes, compartilharam experiências, com depoimentos interessantes a respeito dos Cursos de que participaram. Com a palavra livre, surgiram perguntas de diversas ordens, esclarecidas pelo Presidente da FEP, Adriano Lino Greca e/ou Danilo Arruda da Luz, 1º vice-presidente.

Na tarde desse dia, a equipe da FEP foi convidada a se fazer presente em reunião do Evangelho do Grupo de Estudos Jésus Gonçalves que, após dez anos de atividades, aos domingos, tenciona se transformar em um Núcleo Espírita, objetivando atender aquele bairro, Jardim Higienópolis, de forma mais ampla.

No domingo, 24, nas dependências do Funtel, Colégio Ipolon, após a assembleia, os duzentos e cinquenta inscritos se dividiram, por área de atuação/interesse: Administrativo/Institucional/Unificação, Atendimento Espiritual no Centro Espírita – AECE, Comunicação Social Espírita – CSE, Estudo da Doutrina Espírita – EDE, Infância e Juventude – DIJ, Mediunidade e Assistência e Promoção Social Espírita –APSE, para as discussões em torno das tarefas que desempenham em suas Casas Espíritas, buscando elucidações e orientações.

No AECE atuou, ao lado da coordenadora da FEP, Nelsi Ribeiro da Costa de Souza, de Apucarana.

No encerramento, apresentando interessantes dados a respeito do crescimento do número de espíritas no Brasil e no Paraná, Adriano frisou: Isso reforça nossa responsabilidade nas atividades que oferecemos na casa espírita. Temos muitas pessoas chegando em busca da mensagem consoladora da Doutrina Espírita. O momento pelo qual estamos passando pede um pouco mais de esforço, dedicação e trabalho para a qualificação de todas as áreas.

Por sua vez, Danilo agradeceu  a contribuição das UREs e o interesse dos trabalhadores em participar das dinâmicas propostas.

Este é um momento ímpar  no qual podemos estar próximos das casas espíritas a fim de ouvir as demandas e atender os objetivos do Movimento Espírita. 

Jaqueline Ribeiro da Costa de Souza

Assine a versão impressa
Leia também