Jornal Mundo Espírita

Outubro de 2021 Número 1647 Ano 89

Inconstitucionalidade das teses abortistas

março/2008

O jornalista Marcelo Freitas Nobre, em matéria da “Folha Espírita”, comentando a histórica decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo, que reconhece o direito à vida do feto, passa-nos a opinião do famoso e respeitado jurista Hélio Bicudo, Presidente da Fundação Interamericana de Defesa dos Direitos Humanos:

“Trata-se, em verdade, de uma decisão histórica, da mais alta importância, porque na decisão sobre a vida o Tribunal de Justiça de São Paulo a reconhece desde o seu nascimento, quer dizer, desde o momento da concepção.

Estão destarte afastados quaisquer dispositivos da lei ordinária que possam favorecer as teses abortistas. Sua importância e relevância devem ser reconhecidas, no momento em que essas teses inundam o Congresso Nacional, amparadas pelas correntes feministas mais agressivas. De parabéns o Tribunal de Justiça de São Paulo.”

Assine a versão impressa
Leia também