Jornal Mundo Espírita

Maio de 2019 Número 1618 Ano 87

É hora de agir, com Jesus!

março/2017

E o novo ano iniciou! Depois do planejamento realizado, do material comprado, das salas arrumadas, das energias renovadas, recebemos em nossas Casas Espíritas as crianças, os jovens e suas famílias, para mais um ano de intenso trabalho de evangelização à luz da Doutrina Espírita.

Hora de colocar em prática o Evangelho de Jesus e levar seus ensinamentos aos corações de nossos evangelizandos. Hora de amar mais intensamente, de abraçar com ternura, de olhar com carinho, de falar com compreensão, de agir com respeito.

A programação elaborada para o ano, contendo os roteiros a serem estudados, as atividades especiais, os encontros de crianças, jovens e famílias, devem vir recheados com as ações amorosas pautadas nas lições de Jesus.

A Doutrina Espírita é farol que ilumina caminhos, porém, o seu conteúdo somente fará morada nos corações infantojuvenis se lhes for apresentado em ambiente de ações que corroborem os conceitos exarados.

Os evangelizadores precisam sentir-se tão empolgados com as claridades que a Doutrina Espírita traz, assim como o eram os primeiros discípulos do Cristo, que se reuniam nas catacumbas, no adentrar da madrugada, para rejubilar-se nos Seus ensinamentos, driblando todas as dificuldades que se apresentavam.

As famílias, as crianças e os jovens devem sentir na equipe do Departamento de Infância e Juventude – DIJ a alegria a envolver cada ação desenvolvida. O encontro semanal para aplicação do roteiro de estudo, deve ser espaço de compartilhamento de conhecimentos mas, principalmente, de convivência amorosa e de respeito, que fortaleça a todos para os embates que a vida apresenta a cada novo dia. Para que todos se sintam seguros em ser honestos, responsáveis, respeitosos, compreensivos, nos lares, nas escolas, com a família, com os amigos, na sociedade; para que tenham a coragem de dizer sim, sim, não, não (Mt, 5:37), sempre que preciso e necessário, ante as inúmeras tentações do mundo.

Evangelizar é trazer Cristo de volta ao solo infantil,1afirma o Espírito Amélia Rodrigues e, para trazer o Cristo, é preciso que estejamos com Ele.

Avante, trabalhadores da seara infantojuvenil! Avante com bom ânimo e com boa vontade! Avante com Jesus, superando todos os percalços e obstáculos, lembrando que Ele é a videira e nós os ramos e, sem Ele não poderemos realizar obra alguma. (Jo, 15:5)

 

Participação da família

A tarefa de evangelizar crianças e jovens é fundamentalmente função da família. As ações educativas e os exemplos de pais e familiares serão o fio condutor das suas vidas. Dessa forma, é de suma importância a aproximação da família ao Centro Espírita e, especialmente, com as atividades de evangelização espírita infantojuvenil.

Sensibilizar pais e familiares para que frequentem as atividades da Casa Espírita, participando de grupos de estudos de adultos, voltados aos princípios da Doutrina Espírita e/ou estudos dirigidos para a família; promover a participação efetiva dos pais em reuniões, seminários, encontros, atividades em sala e em casa, tendo em vista ser extremamente salutar e importante para a criança e o jovem ter os seus exemplos, participando ativamente e vivenciando o Centro Espírita como sua casa!

Esse é um esforço constante que deve estar no centro de atenção da equipe DIJ, assim como entre os demais trabalhadores e em todas as atividades da Casa Espírita. Promover a integração entre todos para que nos sintamos como uma grande família.

Os evangelizandos precisam sentir, junto com seus pais, que frequentar o Centro Espírita não é castigo, sacrifício, fardo pesado, nos finais de semana, mas sim uma alegre oportunidade de encontro de almas que amam a Jesus e querem estar cada vez mais próximas dEle!

Todos desejamos o melhor para esses pequeninos. Nada mais oportuno do que somar esforços para ajudá-los a se tornarem esses homens de bem que o mundo tanto precisa. Sigamos unidos, evangelizadores, trabalhadores do Centro Espírita, famílias, jovens e crianças, pois juntos somos mais fortes e podemos muito mais!

 

Bibliografia:

1 FRANCO, Divaldo Pereira. Terapêutica de emergência.  Por Espíritos diversos. Salvador: LEAL, 2003. cap. 4.

 

 

13º Encontro Confraternativo de Juventudes Espíritas do Paraná

Na próxima edição, detalhes do Encontro, realizado no Recanto Lins de Vasconcellos, nos dias do carnaval, com o tema: Jesus e Vida: do que estamos falando?

Assine a versão impressa
Leia também