Jornal Mundo Espírita

Setembro de 2019 Número 1622 Ano 87

Divaldo Pereira Franco – 66 anos de oratória

maio/2013 - Por Equipe Editorial

Foi no dia 27 de março de 1947 que, encontrando-se na cidade de Aracaju (SE), na residência do casal Ederlindo e Lucília Sá Roriz, em férias concedidas pelo Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores do Estado (IPASE), onde trabalhava desde o dia 5 de dezembro de 1945, foi convidado pelos anfitriões a comentar algo a respeito dos fenômenos mediúnicos de que era instrumento, na sede da União Espírita Sergipana.

Na ocasião, inspirado pelo Espírito Humberto de Campos, proferiu a sua primeira palestra, semimediunizado, dando início à saga autoiluminativa que completou 66 anos.

Divaldo comemorou a data em viagem doutrinária e, na cidade em que se encontrava,  participou de uma reunião mediúnica de desobsessão,  discreta, com poucas pessoas, sem palmas, sem flores, sem balbúrdia, em serviço, agradecendo a Deus a bênção do trabalho por todos esses longos anos.

Assine a versão impressa
Leia também