Jornal Mundo Espírita

Setembro de 2019 Número 1622 Ano 87

Divaldo Franco em nova jornada europeia

julho/2014 - Por Ênio Medeiros

A peregrinação de luz iniciou no dia 8 de maio, na Irlanda (Dublin), concluindo-se a 8 de junho, na Suíça (Zurique),  passando pela Inglaterra (Londres), Bélgica (Bruxelas), Principado de Luxemburgo ( Luxemburgo), Alemanha (Mannheim, Frankfurt, Stuttgart, Colônia e Bonn), Dinamarca (Copenhagem), Holanda (Amsterdã), República Tcheca (Brno e Praga), Áustria (Linz e Viena), Itália (Roma e Milão), França (Douai, Orly e Paris),  Winthertur (Suíça), totalizando doze países, visitando vinte e duas cidades, proferindo palestras e seminários.

Linz recebeu Divaldo por primeira vez,  falando sobre Ciência e Espiritismo, nas instalações da Johannes Kepler Universität, enquanto em Viena  se constituiu na vigésima quinta vez. Divaldo foi homenageado pelos grupos espíritas da Áustria, que lhe ofereceram um livro histórico relatando, através de fotos, suas passagens por Viena, desde 1989.

Em Milão, na conferência realizada no Centro Congressi Provincia de Milano, esteve presente o Cônsul do Brasil em Milão, Renan Paes Barreto.

Na oportunidade foram lançados os livros psicografados por Divaldo, vertidos ao Italiano: Medianità: sfide e benedizioni (Mediunidade, desafios e bênçãos), de Manoel Philomeno de Miranda e Il Seminatore (O Semeador), de Amélia Rodrigues.

Em várias cidades, junto aos agradecimentos a Divaldo, foram realizadas homenagens a Nilson de Souza Pereira, que partiu para a Espiritualidade em 21 de novembro de 2013.

Foto: Ênio Medeiros

Assine a versão impressa
Leia também