Jornal Mundo Espírita

Agosto de 2019 Número 1621 Ano 87

Divaldo Franco em Assunção

Seminário Conflitos Existenciais

setembro/2011 - Por Jazmín Lezcano

O Centro de Convenções do Granados Park Hotel recebeu com imensa alegria o Médium e Orador Espírita Divaldo Pereira Franco, que proferiu o Seminário Conflitos Existenciais.

Antes de passar a palavra ao querido Divaldo, o público todo presenciou um momento musical ao som de harpas, violinos e violões interpretado pelo Grupo Esperança.

Posteriormente, o Semeador de Estrelas deu início ao Seminário, em três módulos, o primeiro e segundo desenvolvendo magistralmente sobre os diversos fatores que desencadeiam os conflitos no ser humano. Disse que as soluções para essas problemáticas podem ser encontrados no cultivo da humildade, da solidariedade e do amor.

No terceiro módulo, Divaldo Franco, o Paulo de Tarso de nossos dias, sensibilizando profundamente a todos, respondeu as perguntas feitas pelos participantes, que ficaram impressionados e agradecidos com a sua oratória eloquente e lúcida.

O evento conclui em um ambiente muito sensibilizado que levou ao auditório às lágrimas, com o emotivo Poema da Gratidão, do espírito Amélia Rodrigues.

Divaldo, Deus o abençoe com saúde e paz!

Nós, os espíritas paraguaios, o amamos.

5º Movimento Você e a Paz

O 5° Movimento Você e Paz Paraguai recebeu o orador espírita Divaldo Pereira Franco, Embaixador da Paz, no Granados Park Hotel, que entregou as premiações às diferentes personalidades e organizações semeadoras da paz.

Na categoria “Personalidade física que se doa” foram premiados o Lic. Víctor Cabral, o criador do Projeto Cirurgia da Mente e o Dr. Artemio Bracho, fundador da Cruzada Mundial da Amizade.

Na categoria “Instituição que Realiza”, Corpo de Bombeiros Voluntários do Paraguai, e o Centro de Desenvolvimento Integral para crianças e adolescentes com Necessidades Especiais (CEDINANE).

Na categoria “Instituição que viabiliza através dos recursos”, Fundação DEQUENÍ e a Comissão Nacional para os festejos do Bicentenário.

Na categoria “Família que semeia a paz”, Maria Luísa e Gustavo Valentín, e Fátima González e Víctor Rojo.

O evento ademais contou com a participação artística do Coral de Crianças do Bicentenário, do Coral de Infância e Juventude do Centro Espírita Paraguaio e do Grupo de harpas, violinos e violão Esperança.

Logo depois, Divaldo, com sua oratória lúcida e esclarecedora, proferiu uma palestra sensibilizando mais de 500 pessoas, falando sobre a necessidade de cultivar o amor e a paz interior para dessa forma construir uma nova sociedade pacificadora.

Assine a versão impressa
Leia também