Jornal Mundo Espírita

Dezembro de 2019 Número 1625 Ano 87
Notícias das URES Envie para um amigo Imprimir

Diretoria executiva da FEP

março/2018 - Por Jaqueline Ribeiro

O Recanto Lins de Vasconcellos, em Balsa Nova, foi palco da reunião da Diretoria Executiva com os diretores de departamento, coordenadores de  setor e assessores, no sábado, 20 de janeiro.

Participaram vinte e três voluntários de Curitiba, Foz do Iguaçu e Maringá,  das áreas: Assistência e Promoção Social Espírita – APSE; Atendimento Espiritual no Centro Espírita – AECE; Comunicação Social Espírita – CSE; Estudo da Doutrina Espírita – EDE; Infância e Juventude – DIJ; Mediunidade; Unificação e Expansão do Movimento Espírita.

Com início às 9h da manhã prolongou-se até o final da tarde. A extensa pauta iniciou com avaliação do ano encerrado e os desafios para o ano iniciante.

Para a apresentação do realizado pelas áreas, de forma muito sucinta, interessante dinâmica foi coordenada pelo presidente da FEP, Adriano Lino Greca, em que todos foram convidados a opinar, montando grandes gráficos, em duas colunas distintas, assinalando:

Gostei muito – elogiando, cumprimentando por ações exitosas empreendidas; e

E se… – sugerindo o que poderia ser aprimorado, incrementado, tentado pelo setor.

Para as considerações iniciais, Adriano se serviu de mensagem do Espírito Joanna de Ângelis, intitulada Planejamento, extraída do livro psicografado por Divaldo Pereira Franco, Espírito e Vida, destacando:

*A obra do bem em que te encontras empenhado não pode prescindir de planejamento.

*A improvisação é responsável por muitos danos.

*Improvisar é recurso de emergência.

*Programar para agir é condição de equilíbrio.

*Nas atividades cristãs que a Doutrina Espírita desdobra, o servidor é sempre convidado a um trabalho eficiente, pois que a realização não deve ser temporária nem precipitada, mas de molde a atender com segurança.

*Planejar-agindo é servir-construindo.

*Planifica tudo o que possas fazer e que esteja ao teu alcance.

*Estuda e examina, observa e experimenta, e, resoluto, no trabalho libertador avança, agindo com acerto para encontrares mais tarde, na realização superior, a felicidade que buscas.

Entre tantos itens foram discutidas estratégias para as atividades anuais; lembrados detalhes de importância para a concretização da XX Conferência Estadual Espírita, em março; a campanha para divulgação do Programa de Qualificação do Trabalhador Espírita, a ter lugar no ano em curso.

Definido, por votação, entre os temas apresentados, o que definirá as reuniões das Inter-Regionais no novo ciclo, que se iniciará em  20 de maio   na Inter-Regional Oeste: Senhor, o que queres que eu faça? (At, 9:6)

 Fotos: Jackson Adriano Ferreira

Assine a versão impressa
Leia também