Jornal Mundo Espírita

Dezembro de 2019 Número 1625 Ano 87
Sugestão de Leitura Envie para um amigo Imprimir

Conversando com Divaldo Pereira Franco

setembro/2009

Conviver com Divaldo Franco, ainda que em momentos fugazes, é respirar fraternidade em clima de enlevo e construtividade espiritual.

Desde que aportou, pela primeira vez, em terras paranaenses, em 4 de abril de 1954, o incomparável tribuno e médium, fidelíssimo aos preceitos espíritas, estabeleceu vínculos indestrutíveis com o Movimento Espírita do Estado.

São 55 anos de uma forte relação de companheirismo e trabalho, em nome do Senhor, nestas paragens abençoadas por onde um dia passaram figuras inesquecíveis como José Lopes Netto, Lins de Vasconcellos, Abibe Isfer, João Ghignone, Napoleão de Araujo, Honório Melo, entre outros pioneiros de ideal espírita.

Sempre que possível, Divaldo nos visita, atendendo, célere, aos apelos de nossa expressiva comunidade de estudiosos e lidadores da grande tarefa de soerguer o ânimo de uma sociedade ainda combalida sob o peso de um materialismo esmagador.

Não foi diferente quando apelamos ao seu coração para estar conosco no período natalino de 2008.

Brindou-nos com belíssima palestra em 26 de dezembro, sob o título “Jesus e a canção de Natal” que consta na íntegra, no final deste livro.

No dia imediato, acedeu à solicitação da presidência da Federação e conversou longamente com todos os membros de sua diretoria executiva e do Conselho Federativo Estadual.

Foram instantes inesquecíveis de comunhão espiritual. Suas inspiradas palavras emocionaram às lágrimas!

Respondeu, com impressionante desenvoltura, as perguntas feitas. Todas estão, com as respostas, nas páginas luminosas deste livro que, certamente, constituirá um marco precioso nessa relação de mútuo respeito e indefinível admiração.

Belos e esclarecedores, os textos que se seguem serão de importância vital para todos que sinceramente desejam crescer em conhecimento e espiritualidade.

Temas atuais foram abordados, lançando luzes sobre as escuras vielas e os tortuosos meandros das opiniões pessoais sem compromisso doutrinário. Todos sentiram a presença dos elevados benfeitores que orientaram Divaldo.  Ele, mais uma vez, humilde e dedicado, fez-se portador da libertadora mensagem do Espiritismo.

Em nome da família espírita paranaense, a Federação agradece, no limite de suas forças, o empenho desse amigo, que se fez mais que amigo, um verdadeiro irmão que jamais deixaremos de abraçar em nosso eterno reconhecimento.

Foram tão expressivos e reveladores os ensinamentos trazidos por Divaldo Franco que o presidente da Federação Espírita do Paraná, Francisco Ferraz Batista, solicitou, e o médium aquiesceu, que fosse publicado um livro, sob a responsabilidade da FEP, como meio de perpetuá-lo para as futuras gerações.

Contém advertências extremamente oportunas! Os que o lerem, certamente ficarão mais enriquecidos em seus valores doutrinários.

“Conversando com Divaldo Pereira Franco” é uma dádiva do Céu.

Autor: Divaldo Pereira Franco, sob a inspiração de Joanna de Ângelis
Editora: Federação Espírita do Paraná

Assine a versão impressa
Leia também