Jornal Mundo Espírita

Julho de 2020 Número 1632 Ano 88

Contação de histórias

julho/2007

Foi no sábado, 2 de junho, com frio e tudo, que a criançada compareceu ao Teatro da FEP, para mais uma Contação de Histórias.

O Tempo Passado e o Tempo Presente se uniram para contar, de forma bem humorada e provocando a interferência das crianças, a história do Tempo.

O Tempo perguntou pro  Tempo: Quanto tempo o tempo tem?

O Tempo respondeu pro Tempo que o Tempo tem tanto tempo quanto tempo o Tempo tem…

E aí começou uma confusão. Bom, melhor deixar pra lá, porque a pergunta seguinte quase causou pane nas cabecinhas presentes.

Qual o melhor tempo? O do passado ou o do presente?O tempo das conversas ao pé do fogo, da brincadeira de bola e bolinha de gude?

Ou o tempo do vídeo-game, da televisão, do Ipod?

Para tentar elucidar tudo, foi narrada a história de Lolo Barnabé, sua esposa Brisa e seu filho Finfo, de sua vida simples e sem atavios, da criatividade e engenhosidade do homem, inventando coisas para tentar ser mais feliz: a casa, as roupas, o calçado, o armário, a cama, o colchão, a máquina de lavar, a torradeira, o fogão, a mesa, a cadeira, a batedeira, o liquidificador, etc, etc, etc.

Uma verdadeira viagem no tempo e na história.

Utilizando projeção de imagens e dramatização, as cenas foram se desenrolando aos olhos dos pequenos e seus pais, traduzindo a mensagem de que o Tempo é uma questão de administração e que, embora todo o conforto, o melhor mesmo é o conforto do afeto, no cadinho doméstico.

E um convite ao retorno às coisas simples, como o pai contando histórias ao filho, a mãe cantando enquanto acarinha o pequeno. E a reunião da família para uma breve que seja, mas profunda oração: Obrigado, Deus, por tudo que nos dás!

Finalizando, foram todos: atores, crianças, pais para a Biblioteca Infantil da Sede Histórica da FEP, onde as crianças se esparramaram nos tapetes, tomaram de assalto as cadeiras e mesas, se encantaram com os livros de páginas coloridas, de palavras interessantes, de histórias apaixonantes.

Era um pai aqui lendo histórias, uma mãe acolá ajudando o pequerrucho a folhear o livro.

Difícil foi convencer alguns pequenos de que a hora do almoço passara de algum tempo e que era preciso ir embora. Eles estavam alimentando a sede de saber.

Fique atento para a próxima Contação de Histórias e não perca a oportunidade de assistir, participar, trazer seu filho, neto, sobrinho, vizinho.

 

Ficha Técnica

Montagem e Direção:          Daniel Almeida, Karlla T. D. P. de Almeida, Maria Luiza Campos e
Maria Fernanda Campos

Iluminação:                            José Manoel de Almeida (Zezé)

Tempo Passado:                   Maria Luiza Costa Campos

Tempo Presente:                  Maria Fernanda Costa Campos

Relógio Cuco:                        Lucas de Souza Parolin

Relógio Digital:                     Daniel Sarmento de Almeida

Lolo Barnabé:                       Luiz Guilherme Costa Campos

Brisa:                                   Cynthia Sarmento de Almeida

Finfo:                                   Guilherme Lunardelli Canha

Empregada:                         Karlla T. D. P. de Almeida

Participação Especial:       Déborah A. S. Pondelek

Recepção:                          Gabriela A. de Oliveira, Leonardo Greca, Lucas Greca

Evandro Rabel, Maria Rabel.

Assine a versão impressa
Leia também