Jornal Mundo Espírita

Setembro de 2019 Número 1622 Ano 87

Conselho Nacional das Entidades Espíritas Especializadas da Federação Espírita Brasileira – CNE/FEB

abril/2014 - Por Secretaria Geral do Conselho Federativo Nacional.

A partir de reuniões realizadas entre a FEB e as Entidades Especializadas, surgiu O CNE/FEB. A proposta começou a se delinear em reuniões ordinárias das Entidades Espíritas Especializadas de Âmbito Nacional, na sede da FEB, em Brasília-DF, nos dias 6 e 7 de abril, e, principalmente, no dia 12 de outubro de 2013. Em seguida, a minuta de Regimento Interno foi analisada pelas Entidades Especializadas, pela Assessoria Jurídica da FEB e, finalmente, houve a aprovação pela FEB.

O Presidente da FEB, Antônio Cesar Perri de Carvalho, fundamentado no Estatuto da Entidade (Art. 32, incisos X e XIII; Art.39, inciso XIII), homologou a decisão do Conselho Diretor e Diretoria Executiva da FEB, em reunião conjunta realizada no dia 24 de fevereiro de 2014, e aprovou a criação do CNE-FEB, como órgão de apoio e orientação técnica da FEB.

O novo Conselho será instalado, no final do mês de abril, com a presença das Entidades Especializadas fundadoras: Associação Brasileira de Esperantistas Espíritas – ABEE; Associação Brasileira dos Magistrados Espíritas, ABRAME; Associação Brasileira de Divulgadores Espíritas, ABRADE;  Associação Brasileira de Psicólogos Espíritas – ABRAPE; Associação Brasileira de Arte Espírita – ABRARTE; Associação Brasileira Jurídico-Espírita – AJE; Associação Médico-Espírita do Brasil, AMEBR e Cruzada dos Militares Espíritas, CME.

Assine a versão impressa
Leia também