Jornal Mundo Espírita

Junho de 2019 Número 1619 Ano 87

Campanha vida, sim à gravidez – não ao aborto

agosto/2015 - Por Laércio Furlan

Em 1999, em 29 de maio, a Associação Médico-Espírita do Paraná – AME-Paraná e a FEP, na época presidida pelo inesquecível Napoleão Araujo, fundaram a Campanha, inspirada nas ponderações de Madre Tereza de Calcutá: O maior destruidor da paz no mundo hoje é o aborto. Ninguém tem o direito de tirar a vida: nem a mãe, o pai, o médico, a conferência ou o governo (Mensagem à Conferência da ONU) e de Francisco Cândido Xavier: Se o aborto for aprovado no Brasil, acarretará um carma coletivo de muito sofrimento e de difícil solução.

Várias cidades receberam a comissão organizadora para a apresentação em suas áreas, incluindo Cascavel, Ponta Grossa, Londrina, Maringá, Paranavaí, Paranaguá, Morretes e Antonina, no Paraná.

Também foi apresentada nos Estados de Santa Catarina, São Paulo, Roraima, Minas Gerais, Alagoas e Goiás e enviado material a vários países sul-americanos.

Atualmente, a Campanha está direcionada aos Colégios, Centros Espíritas e outras entidades.

Durante as Conferências Estaduais Espíritas, promovidas pela FEP, a Campanha se faz presente com vários abaixo-assinados em favor da vida, enviados à Brasília para o Movimento Brasil Sem Aborto e a Carta Paraná Sem Aborto.

Recentemente, por solicitação de Alberto Almeida, presidente da AME-Pará, foram remetidos materiais da Campanha, para ilustrar o livro Respeito à Criança – cidadania desde a concepção, em parceria com Gustavo Machado.

Assine a versão impressa
Leia também