Jornal Mundo Espírita

Janeiro de 2020 Número 1626 Ano 87

Campanha senso numérico

Maio/2015

De tempos em tempos ser-nos-á necessária uma pausa avaliativa para
revermos a extensão e a qualidade dos serviços prestados e das tarefas realizadas.
Somente assim podemos verificar o melhor rendimento de nossos propósitos.

Bezerra de Menezes – Separata do Reformador,1986.

 

Inspirados na recomendação de Bezerra de Menezes e nos documentos abaixo que regulamentam as atividades da FEP:

 

Estatuto:

Art. 25. As URE’s têm por objetivo: (…)

 

  1. Promover, por todos os meios cabíveis, relações com as entidades espíritas filiadas e adesas, e destas entre si, sediadas nas respectivas regiões, objetivando:

a)            A difusão doutrinária, a orientação e a dinamização do movimento espírita;

b)            O estudo sistematizado da Doutrina Espírita, a unificação e confraternização da família espírita;

c)            As melhorias sistemáticas, qualitativas e quantitativas, de cada Instituição Espírita, incentivando permanentemente a formação de Infância e Juventude Espíritas.

 

Regimento Interno dos Departamentos

 

Departamento de Orientação à Infância e à Juventude – DIJ

 

  • O DIJ é responsável pela coordenação dos DIJs das Uniões Regionais Espíritas.
  • Cabe também ao DIJ:

a)     Promover o levantamento e manter atualizado o cadastro das atividades da área no Estado; (…)

 

Diretrizes ao Sistema Federativo Estadual

 

A URE e sua atuação Regional e Inter-Regional

(…)

  • Atualizar, periodicamente, a relação das Instituições Espíritas, contemplando: Diretoria e seus endereços, datas de início e fim de mandato, departamentos e seus diretores e grade semanal de tarefas;
  • Promover visitas periódicas nas Instituições Espíritas ou Grupos em formação;

 

Planejamento Estratégico (2014-2023)

 

Premissas do trabalho:-          

–         Considerar o futuro nas ações do presente e seus efeitos a médio e longo prazo;

–          Agir no presente e vislumbrar o futuro. Sonhar…

 

a equipe DIJ/FEP lançou, em fevereiro de 2015 a campanha, cujo slogan agradecemos a criatividade de Sandra Della Pola:

 

SEM CENSO NÃO HÁ BOM SENSO.

O objetivo geral é incentivar as Casas Espíritas do Estado a participarem do Censo Numérico 2015.

A ficha para preenchimento das informações foi desenvolvida, de forma prática e objetiva, permitindo que, em uma única página, todos os dados sejam compilados.

Através da coleta desses dados, serão obtidas as seguintes informações:

  • quantas Casas Espíritas possuem evangelização infanto-juvenil;
  • quantos evangelizandos há em cada Casa e em cada ciclo;
  • quantos voluntários trabalham com a evangelização;
  • quais os programas utilizados na evangelização;

 

Com isso, o DIJ/FEP poderá tomar decisões estratégicas, baseadas em dados concretos e atualizados, partindo da análise das dificuldades apontadas, facilitando a solução dos problemas.

 

Participe do Censo Numérico 2015!

Fale com o Diretor do DIJ da sua URE.

 

ERRATA: No artigo União e Unificação em prol da Juventude Espírita do Brasil, da edição de abril/2015, constaram, de forma equivocada, as UREs a que pertenciam os convidados jovens que acompanharam as etapas desse trabalho. Foram: Manuela Vaz Rocha (2ª URE), Guilherme Henrique C. Ferreira (16ª URE), Ana Cristina Dias de Toledo (6ª URE).

Assine a versão impressa
Leia também