Jornal Mundo Espírita

Fevereiro de 2019 Número 1615 Ano 86
Notícias das URES Envie para um amigo Imprimir

Biografia de Allan Kardec chega aos cinemas

fevereiro/2019

O longa-metragem biográfico Kardec deverá estrear no dia 16 de maio. Baseado no livro de Marcel Souto Maior, Kardec – a biografia, com roteiro de L.G. Bayão e direção de Wagner de Assis, que dirigiu o sucesso de bilheteria e crítica Nosso lar, traz Leonardo Medeiros no papel do Codificador.

Medeiros, que já atuou em trinta e cinco filmes e recebeu dezessete prêmios, destacou a responsabilidade de dar vida ao grande educador francês. Em entrevista à Revista Reformador, de outubro de 2018, comentou se sentir, ao mesmo tempo, imensamente agradecido e temeroso. Estou representando um ícone que faz parte da minha vida dentro de uma família espírita.

O filme traz Amélie Boudet, interpretada por Sandra Corveloni, Dalton Vigh como Monsieur Dufaux, Guilherme Piva no papel de Didier e Charles Fricks como Charles Baudin.

Wagner de Assis, comentando a respeito da escolha do elenco, declarou: Costumo dizer que é maravilhoso ver quando o filme tem vida própria e vai “escolhendo” os profissionais que nele tomarão parte. Claro que procuramos artistas que possam estar sintonizados com os personagens, na verdade sintonizados com pessoas que fazem parte de toda a história de Kardec. Mas a escolha em si tem sempre algo “mágico”, que foge aos aspectos puramente “acidentais”.

Para recriar o cenário parisiense do século XIX, as filmagens foram feitas na própria capital francesa e no Rio de Janeiro, em locações cuja arquitetura fosse semelhante ao cenário reproduzido.

Em meio a figurinos fiéis às roupas da época e iluminação à luz de velas, o Palácio do Itamaraty, por exemplo, retrata a Academia de Ciências de Paris.

Também foram utilizadas as locações do Centro Cultural da Justiça Eleitoral, Theatro Municipal, Teatro Municipal de Niterói, Fortaleza de Santa Cruz, Instituto de Filosofia e Ciência Social e Rua do Rosário.

Kardec é produzido pela Conspiração Filmes e distribuído pela Sony Pictures.

Informações extraídas da Revista Internacional de Espiritismo,
de janeiro de 2019, ed. O Clarim e do site www.febnet.org.br

Assine a versão impressa
Leia também