Jornal Mundo Espírita

Setembro de 2019 Número 1622 Ano 87

Billy Graham: Há vida depois da morte

Uma sobrenatural experiência provou-me isto!

agosto/2008 - Por João Batista Cordeiro Campos

Pois é!… em entrevista exclusiva ao NationalEenquirer famoso jornal norte-americano, que se edita em San Diego da Califórnia, Billy Graham declarou que, depois de mortos, continuamos vivos a nos comunicar com as criaturas da Terra.

E o mais sério é que ele, provando a sua afirmativa, conta, nessa entrevista, que assistiu a morte de sua avó, que vinha a algum tempo em estado de coma, e viu-a abrir os olhos fulgurantemente. O quarto de dormir, que se encontrava em total escuridão, de repente ilumina-se com luz espiritual, e a avó começa a falar com Ben (o esposo dela morto há vários anos e avô de Billy Graham) e entre os dois trava-se belo diálogo, pois, pelas palavras da avó, ele, Billy Graham, deduzia o que Ben falava à avó.

Esta entrevista é dada por Billy Graham ao jornalista norte-americano Lee Harrison e em clichê reduzido publicamos nesta página.

Ele diz a Harrison que viva ele tantos anos que a sua existência permitir, jamais, todavia, esquecerá aquela espetacular experiência, assombrosa,tida junto ao leito da sua avó moribunda, retornando à consciência e falar com o marido já morto, face-a-face.

Disse mais que atualmente muitos cientistas estão chegando à mesma conclusão que ele, da verdade de que a morte não existe, e, sim a continuação da vida, após a morte, com a presença do Espírito falando aos que ficaram na Terra.

E mais, que há na Bíblia muitos fatos evidentes como suporte dessa realidade (“that supports the Biblical concepto f na afterlife”).

Billy Graham, recordando aquela noite, afirma que estava sentado na cama da sua avó materna; o quarto escuro iluminou-se repentinamente filtrando uma luz.

E então, começou a grande experiência, pois a luz elétrica estava desligada e a avó sentou-se, coisa que não fazia há vários dias. Muito pálida vivia, e tornou-se colorida a sua face, e sorriu.

Ela estendeu os braços para Billy Graham e exprimiu o nome do seu marido Ben, o qual havia morrido há vários anos.

Ele vivera – durante o último período da sua vida sem um olho e sem um braço, perdidos na Guerra civil norte-americana, da qual participara.

A avó diz textualmente, segundo Billy Graham, – “Eu vejo Ben! Ele está todo inteiro novamente. Seu braço e seu olho retornaram. Eu estou indo com Ben!” (I see Ben! He’s whole again. His arm and eye have returned… I’m coming Ben!”)

E com estas palavras ela caiu sobre o travesseiro e morreu! – o quarto retornou à escuridão anterior!

Isto contado por Billy Graham é importante para o conhecimento dos seus correligionários.

Para o espírita é um fato a mais, dentre um elenco de outros contados por grandes autoridades e pessoas de destaque, com sói acontecer com o ilustre reverendo Graham.

Ele afirmou ao jornalista que “ficou atordoado, estonteado (stunned) quando viu o quarto clarear com luz sobrenatural e a sua avó falar e ver o seu marido e “deixou-me indestrutível (indelible) impressão de que há vida depois da morte.”

 

Nota: Billy Graham é, ainda hoje, um dos mais conhecidos pastores protestantes dos EUA.

Assine a versão impressa
Leia também