Jornal Mundo Espírita

Janeiro de 2020 Número 1626 Ano 87

Associação médico espírita do Brasil – AME – BR

abril/2014 - Por Edson Gomes Tristão

A equipe científica da AME-Brasil, liderada pelo Dr. Giancarlo Luchetti, acaba de publicar, em uma das revistas científicas indexadas, mais conceituadas da Europa: Neuroendocrinol Letters, o artigo: Historical and Cultural Aspects of Pineal Gland: Comparison between the theories provided by Spiritism in the 1940’s and the current scientific evidence.

Trata-se de uma compilação das informações a respeito da glândula pineal, contidas no livro Missionários da Luz, publicado em 1945, sendo que, nesse período, existia aproximadamente uma centena de trabalhos científicos sobre o tema.

Luchetti comparou com os mais de dez mil trabalhos publicados, na última década, confirmando as informações descritas, antecipando dessa forma o conhecimento trazido por via mediúnica.

Ao ser avaliado pelo Conselho Editorial da Revista, que autorizou a publicação, o artigo demonstra, para o mundo científico, que a mediunidade é uma forma de obtenção não usual do conhecimento e que o Espírito André Luiz, através do médium Francisco Cândido Xavier trouxe uma colaboração inusitada à ciência médica.

Publicações como esta ajudam a quebrar a resistência de pesquisadores ortodoxos, que têm dificuldades em aceitar os fenômenos espíritas como científicos. O artigo se encontra no portal do Pubmed (banco de dados científicos) acessando: Neuroendocrinol Letters, vol.34 n.8, p.745-755, 2013.

Edson Gomes Tristão
Presidente da AME-PR.

Assine a versão impressa
Leia também