Jornal Mundo Espírita

Janeiro de 2020 Número 1626 Ano 87

Anúncios da nova era

Garoto cria sistema para limpar oceano em dez anos

novembro/2014

Em 21 de junho de 2014, o site www.sonoticiaboa.com.br, noticiou que um rapaz de apenas dezenove anos é responsável por um plano ambicioso, apoiado por mais de cem pesquisadores, cientistas e ambientalistas, para limpar o lixo do Oceano Pacífico em dez anos.

O holandês Boyan Slat é o criador da Ocean Cleanup, uma tecnologia que funciona como uma barreira flutuante.

Ela aproveita as correntes oceânicas para bloquear os resíduos encontrados no mar. Nos testes com um protótipo, a barreira foi capaz de coletar plásticos em até três metros de profundidade.

A estimativa é de que o sistema remova sessenta e cinco metros cúbicos de lixo por dia.
A ideia

Slat teve a ideia anos atrás, quando mergulhava na Grécia e viu mais garrafas de plástico do que peixes.

Desde então, desenvolveu a tecnologia, montou um site com todas as especificações, fez um estudo de viabilidade e uma campanha para financiar sua ideia.

A primeira apresentação da tecnologia aconteceu em um TEDx na Holanda, há dois anos.

Na época, a ideia não foi bem recebida.

Como resposta, Slat e uma equipe de pesquisadores fizeram um relatório com quinhentas e trinta páginas, em que justificavam a viabilidade do projeto.

Teste
O próximo passo agora é testar o sistema em larga escala e aumentar a produção do sistema.

Para isso, ele busca financiamento coletivo.

A meta é conseguir dois milhões de dólares em cem dias. O início foi promissor: ele conseguiu 30% da meta em quatorze dias.

Durante anos, esquecemos de cuidar da nossa casa terrestre. A palavra Ecologia foi cunhada por Ernst Heinrich Haeckel em 1866 e amadureceu como ciência, a partir de 1937. Paulatinamente, os movimentos pelo mundo sustentável têm se tornado preocupação das nações. Escreve André Trigueiro, em Espiritismo e Ecologia, capítulo dezenove: Há pelo menos dois importantes desafios para nós que atravessamos este momento singular e desafiador da História. Fazer as escolhas certas em favor da vida no seu sentido mais amplo, e lidar de forma criativa com as eventuais impossibilidades do caminho. Transformar problema em solução, crise em oportunidade, é lição de sabedoria que devemos renovar a cada dia. É o que se espera daqueles que, como nós, encontram-se hoje na condição de encarnados, sabendo-se aqui de passagem e reconhecendo que o tempo não volta. Os espíritas dispõem de informações suficientes na Doutrina para se situarem com clareza neste cenário de crise, sem hesitação ou temores. Aprendamos com ela, e responderemos positivamente ao chamado para cuidarmos melhor da nossa casa (oikos).

Assine a versão impressa
Leia também