Jornal Mundo Espírita

Setembro de 2019 Número 1622 Ano 87

Anúncios da nova era

Um bilhete inesperado

novembro/2017

Um bilhete inesperado emocionou os pais de duas crianças do bem.

Annaliese e Jorge chegaram em casa com um bilhete na mochila.

Era da motorista do ônibus que os leva para a escola, todos os dias.

Os pais ficaram preocupados, não sabiam o que esperar.

Como a motorista Cindy Clausen, de Milwaukee, nos Estados Unidos, leva  as crianças da região para a escola, ela vê tudo o que acontece de manhã e de tarde. Consequentemente, o comportamento de cada uma delas.

O bilhete enviado contava aos pais de Annaliese e Jorge quem eram os seus filhos.

Os pais não sabiam que os irmãos tinham grande amor e compaixão por um menino com deficiência, que era excluído, pelos demais, no ônibus.

As crianças ajudavam o menino a se sentir feliz e a frequentar a escola todos os dias.

O bilhete:

Queridos Jorge e Leonor,

Eu sou obrigada a escrever para dizer o quão lindos são seus filhos, por dentro e por fora!

Isso só pode vir de casa, sua paciência e orientação, os exemplos que vocês definem e ensinam.

Tenho uma criança no ônibus chamada Jackson.

Seus filhos  mostraram muita compaixão e apoio [com o menino].

Todos os dias, seus filhos perguntam se podem se sentar com Jackson.

Alguns dias, Jackson está um pouco triste. Mas, assim que ele vê Annaliese e Jorge, ele sorri.

Jackson tem dificuldades para caminhar e leva tempo para chegar ao seu lugar.

Hoje, Annaliese olhou para seu assento e disse: Venha Jackson, você consegue fazer isso.

E, quando chegamos na escola, Jorge conseguiu caminhar e carregar a mochila!

Eu sei que vocês sabem o quão maravilhosos seus filhos são, mas eu queria que vocês soubessem que isso é visível a todos!

Assine a versão impressa
Leia também