Jornal Mundo Espírita

Maio de 2019 Número 1618 Ano 87
Notícias das URES Envie para um amigo Imprimir

A FEP dinamizando sempre…

novembro/2010

Mais uma URE foi criada União Regional Espírita Metropolitana de Londrina e mudança de sede da 5ª URE

Em continuidade ao programa de instalação de novas Uniões Regionais Espíritas por conta de deliberação do Conselho Federativo Estadual, a Diretoria Executiva da Federação Espírita do Paraná, composta pelo seu Presidente Francisco Ferraz Batista e os Vice-Presidentes  Luiz Henrique da Silva e Daniel Dallagnol, acompanhados do Diretor de Unificação José Virgílio Góes, estiveram no último dia 9 de outubro em Londrina para, num primeiro momento, fazer o desmembramento dos municípios de Londrina, Ibiporã e Cambé da 5ª URE, e para, ato contínuo, fazer a instalação da União Regional Espírita Metropolitana de Londrina, a 18ª União Federativa.

O entusiasmo pelo trabalho demonstrado pela nova direção da 5ª URE, composta pelas senhoras Maria Aparecida Santos Maruch (presidente), Lilian Madi (1ª vice-presidente e Milne Isabel Chaves Duarte (2ª vice-presidente), já davam conta que um momento novo, carregado de ânimo, se faz na região, uma vez que a própria sede foi deslocada de Londrina para Cornélio Procópio, facilitando, desta forma, o trabalho a ser desenvolvido naquela área geográfica do nosso Paraná.

Precisa ser dito que os dois momentos são históricos para o Movimento Espírita, na medida em que uma nova geografia doutrinária e unificacionista foi desenhada a fim de que as ações, para aquela região, fossem mais bem distribuídas, com vistas à integração do Movimento Espírita Federativo.

Quando da instalação da URE Metropolitana de Londrina, que se deu à noite do mesmo dia, no auditório do Centro Espírita Nosso Lar, na cidade de Londrina, registramos a presença de respeitáveis lideranças da região representando 11 instituições, além da prestigiada presença de Lannes B. Csucsuli e Danilo Arruda da Luz, Conselheiros da FEP residentes em Maringá.

Nesse momento, que sem dúvida pode ser considerado um marco histórico para a região e para a FEP, o presidente Francisco, abrindo os trabalhos da noite, disse que tal fato se devia ao amadurecimento de uma relação importante, já que a região vez ou outra via-se obrigada a manter-se um pouco distante das relações com a Federativa. Mediante um gesto representativo das lideranças locais, capitaneadas por Astolfo Olegário de Oliveira Filho, fundador da USEL – União das Sociedades Espíritas de Londrina, a quem coube a proposição desta mudança ao Conselho Federativo Estadual, esse Conselho, em reunião histórica realizada em agosto de 2010, anuiu integralmente com a proposta formulada pelo companheiro Astolfo, aprovando-a.

Aquele momento era a consolidação de muitos anos de trabalho desenvolvido e que agora se fundia num ideal e propósito comuns, já que os objetivos são os mesmos.  Refletia em suas palavras Astolfo Olegário, que a USEL até então cumpriu seu papel, contudo, em face daquele ato, não havia mais motivos para sua existência, uma vez que seus trabalhadores passaram a integrar a nova direção da URE Metropolitana de Londrina.

Depois de instalado o CRE (Conselho Regional Espírita), o presidente colocou em votação a chapa apresentada para compor a Diretoria da URE Metropolitana de Londrina, tendo sido a mesma unanimemente aprovada, cujo ato de posse se deu

de imediato. Foram eleitos: Presidente – Luiz Cláudio Assis Pereira; 1º Vice-presidente – Marinei F. Rezende; 2º Vice-presidente – Marcelo Bataglia Gonçalves; Diretora do DIJ – Rosilene Aparecida Carvalho Ferreira; Tesoureiro – Sebastião Borges. Os demais membros serão oportunamente nomeados.

Naturalmente, nos dois momentos registrou-se a presença da Espiritualidade que, motivada e solidária à nova iniciativa estrutural de ação Federativa, manifestou irrestrito apoio ao Movimento local e aos seus trabalhadores.

Ficou acertado que as atividades da “Semana Espírita” e a “CONMEL”, criadas pela USEL, serão mantidas sob a responsabilidade da nova URE.

Ao final, depois dos cumprimentos e congratulações envolvendo os eleitos e os demais participantes da feliz iniciativa, o Presidente da FEP, Francisco, convidou todos para um jantar de confraternização.

 

Irmãos da alma,

nesta ocasião impar, exultamos ser nosso dever, intransferível, polir essa preciosa joia que é o Espiritismo, que carregamos conosco, para que seu brilho penetre em nossa alma e reflita o movimento interno do equilíbrio e da paz, e também possa penetrar nas consciências empedernidas ou mesmo nas almas desavisadas, necessitadas de um porto seguro, de uma palavra de alento, possibilitando todos crescerem na direção de Jesus.

Estão lançados os pródromos da era nova. Eleitos na configuração dos Reveladores, como trabalhadores da última hora, assumimos graves responsabilidades e sob o peso delas, aqui e ali, hora e vez, ainda temos nossas questiúnculas, nossas diferenças, mas que elas não fujam à sensatez, para que o progresso se faça. Nesse escaninho de ações e de situações para justificar o título é preciso muita luta e muito esforço do ponto de vista pessoal ou de grupos. 

Amigos do ideal do Espiritismo, nós que andamos por todo este Paraná, na aurora da divulgação espírita no Estado, solidarizamo-nos com este instante magnífico, gratificados e certos de que haveremos de colher do que estamos plantando na direção do seguro crescimento da divulgação do Consolador. Sigamos adiante, implementando o planejamento divino, cada um de nós detém potencialidades enormes. Façamos o movimento intenso da alma na direção de doar nossas melhores forças de trabalho para engrandecimento da Causa, certos de que a Causa prosseguirá, independentemente daqueles que devão-na conduzir.

Parabenizamos os trabalhadores espíritas desta nobre região, onde tivemos muitas alegrias em épocas transatas e coletamos amigos, e haveremos de estar vibrando, neste plano verdadeiro da vida para que tudo atinja o esperado, o idealizado. Este é um trabalho que não tem proprietários pois que pertence ao Mestre Jesus.

Abraçando-os, deixamos o carinho e a certeza que, enquanto estivermos nas mais diferentes tarefas, voltados com o pensamento para o bem, Cristo sempre estará conosco.

Abraça-os o amigo de sempre

Lins de Vasconcellos
(Mensagem psicofônica recebida no dia 09/10/2010, por
ocasião dareinstalação da 5ª URE e instalação da 18ª URE)

Assine a versão impressa
Leia também