Jornal Mundo Espírita

Setembro de 2019 Número 1622 Ano 87

7º Movimento Você e a Paz em Amparo – SP

setembro/2019 - Por Denis Rodrigo Dias

Dia 28 de julho demarcou a realização do Movimento, em Amparo, iniciando com a tradicional Caminhada pela Paz, com cerca de 5.000 pessoas, percorrendo o centro histórico da cidade num espetáculo de fraternidade.

Na abertura, Divaldo Pereira Franco convidou os presentes a realizar um encontro com a própria consciência,  aquela que nasce entre o sujeito e ele mesmo. Lembrou que a paz é fundamental para a vida e  tão importante quanto a alimentação, porque é a nutrição do ser profundo. A paz começa em cada criatura e, quando se instala, irradia-se e conquista o mundo.

Várias atividades ocorreram na Praça Pádua Salles, tornando o dia mais propício à solidariedade e à fraternidade. Foram aconselhamentos jurídicos gratuitos; Espaço da Saúde; Roda de Capoeira, pelo grupo Abadá; danças diversas, com o Conservatório Integrado e a Academia Ponto de Dança; apresentação do Canil da Guarda Municipal; distribuição de livros e abraços pelo Rotary Club, além de brinquedos e contação de histórias para as crianças.

Às 18 horas, deu-se início às mensagens de paz pelos líderes religiosos Dom Luis Gonzaga Fechio, Bispo Diocesano de Amparo; Pastor José Lima, da Assembleia de Deus Ministério do Belém de Amparo e Divaldo Pereira Franco, fundador do Movimento, Médium e Orador Espírita.

Um dos momentos mais tocantes foi o das homenagens, com a entrega do Troféu Você e a Paz. Nessa sétima edição, os homenageados foram os  bombeiros militares que fizeram parte da equipe de regaste das vítimas do rompimento da barragem em  Brumadinho –  MG;  Dona Aparecida Conceição Ferreira (in memorian), fundadora do Lar da Caridade de Uberaba, também conhecido como Hospital do Fogo Selvagem; o Instituto Maurício de Sousa;  a Professora Heley de Abreu Silva Batista (in memorian) que desencarnou ao auxiliar no resgate das crianças durante o ataque à creche  Gente Inocente, em   Janaúba – MG; os  líderes religiosos Dom Luis Gonzaga Fechio,  Pastor José Lima, Divaldo Pereira Franco e Ana Maria Veroneze Beira.

Fotos: Carlyne Paiva

Assine a versão impressa
Leia também