Jornal Mundo Espírita

Agosto de 2019 Número 1621 Ano 87
Notícias das URES Envie para um amigo Imprimir

5ª URE

Desencarnação de trabalhador espírita

novembro/2014 - Por Astolfo Olegário Filho

No dia 6 de setembro, sábado, às 20h, aos oitenta e oito anos, desencarnou Antônio Bordini, fundador e dirigente da Casa Espírita Dr. Bezerra de Menezes, da cidade de Sertaneja.

Natural de Franca, SP, Antônio teve com sua esposa Alice, desencarnada há seis anos, cinco filhos: Maria Luiza, Lourdes, Luís, Lúcia e Júnior, que lhes deram onze netos e oito bisnetos. Médium em atividade desde os vinte anos de idade, o confrade destacou-se pelo dinamismo que imprimiu à sua participação nas lides espíritas. Onde morou, fundou ou construiu centros espíritas, tendo participado inúmeras vezes da reforma e do melhoramento das casas espíritas em que atuou.

Em Londrina, teve participação direta e fundamental nas obras de conclusão do Centro Espírita Nosso Lar e da Comunhão Espírita Cristã, não só liderando as comissões de obras, mas, colocando, literalmente, a mão na massa, porque entendia tudo relacionado à construção civil. Sua última realização nesse sentido foi a construção da Casa Espírita Dr. Bezerra de Menezes, inaugurada no dia 10 de fevereiro de 2007, em Sertaneja.

Excelente médium psicofônico, destacou-se, sobretudo, na área da fluidoterapia, atividade na qual beneficiou muitas pessoas ao longo de mais de sessenta e cinco anos dedicados à atividade mediúnica.

Foto: Revista O Consolador (Antonio Bordini)

Assine a versão impressa
Leia também