Jornal Mundo Espírita

Agosto de 2019 Número 1621 Ano 87
Notícias das URES Envie para um amigo Imprimir

20ª URE – Metropolitana Oeste

setembro/2015 - Por Rosita Elsen Saut

Projeto Jesus e nós 

O Centro Espírita Ildefonso Correia, em suas palestras públicas das sextas-feiras, às 20h, apresenta o Projeto, compreendendo três momentos distintos. O primeiro ocorreu em 24 de julho, sob a responsabilidade de Maria Helena Marcon, desenvolvendo o tema Transformando homens em pescadores… de almas.

O expressivo público foi conduzido a uma viagem pela História do Cristianismo nascente, emocionando-se com os lances das vidas dos servidores de Jesus,  dedicados ao Bem, na expansão da Boa Nova.

Sequencialmente, nos meses de outubro, 23  e dezembro, 18, o Projeto prossegue com a abordagem do efeito de Jesus nas vidas humanas (Depois dEle… a transformação) e a evocação do Seu natalício (Revendo a glória do Natal).

O Centro Espírita se situa na Avenida Visconde de Guarapuava, 5434, no bairro do Batel, na capital paranaense.

 Rosita Elsen Saut.

 

Expositor Espírita – comunicando com eficiência

O Centro de Estudos Espíritas Fraternidade – CEEF abriu suas dependências, a 18 de julho, para recepcionar os companheiros das várias Casas Espíritas dessa URE, no período das 14h às 18h, para o Seminário coordenado por Maria Helena Marcon.

Palestrantes e coordenadores de palestras públicas, somando em torno de seis dezenas, acompanharam as reflexões e expuseram suas dúvidas quanto às Diretrizes básicas para o palestrante espírita, a administração de imprevistos e pesquisa bibliográfica.

José Carlos Matos.

FOTO: José Carlos Matos

 

Grupo de estudos espíritas sobre suicídio

A Sociedade Espírita Cláudio Reis em parceria com o Centro Espírita Fé, Amor e Caridade, em Curitiba, iniciou, no dia 7 de agosto, Grupo de Estudos que objetiva, especificamente, oferecer fundamentos aos trabalhadores espíritas, dentro da delicada e preocupante temática.

O último relatório da Organização Mundial de Saúde -OMS afirma que, a cada quarenta segundos, uma pessoa comete suicídio. E, para cada caso, vinte outras tentam o mesmo triste ato.

O objetivo do estudo, que acontecerá quinzenalmente, é transformar os participantes em agentes de prevenção ao suicídio, onde quer que se encontrem, e também, prepará-los para aprimorar e desenvolver metodologias de trabalho frente à grave temática que assola a sociedade moderna.

O grupo, que encerrou as inscrições somando cento e sessenta estudiosos, estenderá suas atividades até o final do próximo ano. Interessados em receber os slides utilizados nos encontros e os vídeos que serão produzidos, enquanto aguardam por novas vagas, poderão escrever para inscricao@cefac-pr.com.br.

Marlon Reikdal.

Foto: Leandro Aires

 

Assine a versão impressa
Leia também