Jornal Mundo Espírita

Setembro de 2019 Número 1622 Ano 87
Notícias das URES Envie para um amigo Imprimir

1º Encuentro Espírita de Las Tres Fronteras

março/2016 - Por Enrique Eliseo Baldovino

Aconteceu com sucesso, no sábado, 6 de fevereiro de 2016, das 15h às 20h, o importante evento internacional, no município de Ciudad del Este, organizado pelo Centro Espírita del Este “Joanna de Ângelis”, única Casa Espírita do município guarani, filiada à Federación Espírita Paraguaya – FEPAR.

Ciudad del Este, assim como Puerto Iguazú e Foz do Iguaçu fazem parte da vasta região da Tríplice Fronteira, composta por várias cidades do Paraguai, da Argentina e do Brasil, cujos habitantes, de todas as raças e religiões, relacionam-se em paz, amizade e fraternidade, há vários anos.

São mais de seiscentos mil habitantes convivendo em harmonia, considerando os municípios limítrofes de Puerto Iguazú (80.020 habitantes – censo de 2010), fundado no ano de 1902; Ciudad del Este (293.817 – dados de 2016), fundada em 1957 e Foz do Iguaçu (255.718 – IBGE/2012), cuja fundação se deu em 1914.

 

Os palestrantes

Cinco expositores apresentaram sólidos conteúdos doutrinários, nos quarenta e cinco minutos de cada uma das suas participações, nas quais foram evidenciadas obras mediúnicas de Divaldo Pereira Franco e do Codificador. Representou o Brasil, Lincoln Barros de Sousa, presidente da 13ª URE, braço unificacionista da FEP. Abordou: Transición planetária, com base na obra homônima, do Espírito Manoel Philomeno de Miranda.

Representando a Argentina, Enrique Eliseo Baldovino, diretor doutrinário e de divulgação doutrinária do Centro Espírita Allan Kardec, de Santa Terezinha de Itaipu, sintetizou a obra Perturbaciones espirituales, do mesmo Espírito Manoel Philomeno de Miranda.

Do Paraguai, foram palestrantes Milciades Lezcano, presidente da FEPAR, (El perdón de las ofensas, enfocando O Evangelho segundo o Espiritismo e Libertação pelo amor, este do Espírito Joanna de Ângelis); Aparicio Ortíz, diretor doutrinário do Centro Espírita Gregorio Anzoategui (La Casa Espírita, fundamentando-se no cap. 51 de Suave luz nas sombras, do Espírito João Cléofas) e Nelson Lezcano Torres,  vice-presidente do Centro Espírita Paraguayo Joanna de Ângelis (El trabajador espírita, servindo-se do cap. 20 da obra Vitória sobre a depressão, do Espírito Joanna de Ângelis).

 

Momentos musicais

Durante os intervalos, foram oferecidas apresentações de canto e teclado, pelos professores Olga Rivarola e Lucio Méndez.

A jovem Brisa Villalba, na harpa, e a criança Ariel Bedoya, ao violão, também deram a sua contribuição musical.

 

Coordenação

Os coordenadores do 1er Encuentro foram os confrades do Paraguai: Mercedes Lezcano Torres, presidente do Centro Espírita del Este “Joanna de Ângelis”, Ricardo Molinas e o jovem Ariel Lezcano, ambos da mesma Casa Espírita. A prece inicial foi proferida pela menina guarani Mirella Aylen Molinas González.

 

Gratidão

Após os momentos confraternativos e a finalização do evento internacional, nos despedimos, com a certeza de termos participado de um verdadeiro ágape de União dos corações como de Unificação dos Ideais Espíritas, segundo nos propôs o paladino unificacionista Bezerra de Menezes.

Com muita emoção, nos recordamos dos guias e mentores das nacionalidades presentes e representadas: Ismael, guia espiritual do Brasil; Cosme Mariño, guia espiritual da Argentina e o Cacique Lambaré, guia espiritual do Paraguai, aos quais agradecemos pela honra de participar nas hostes da Doutrina Espírita, codificada pelo ínclito Allan Kardec, fiel representante do nosso Mestre Jesus, Modelo e Guia da Humanidade.

Fotos: Pablo David Lezcano.

Assine a versão impressa
Leia também