Jornal Mundo Espírita

Abril de 2020 Número 1629 Ano 88
Notícias das URES Envie para um amigo Imprimir

12ª URE

3ª Confraternização de Mocidade e Infância Espírita

novembro/2011 - Por Ivan de Souza Dutra

Em tarde de 09 de outubro de 2011 realizou-se o 3º CMeIE promovido pelo Departamento de Infância e Juventude (DIJ) da 12ª URE, com o apoio da Federação Espírita do Paraná através do seu Departamento de Orientação à Infância e Juventude (DIJ/FEP). Com essa terceira edição do encontro, que teve com o tema central “Amar ao próximo como a si mesmo”, contou com a participação 62 pessoas entre crianças e jovens evangelizandos, evangelizadores e colaboradores, deixando a marca de que o evento está se tornando tradição no Movimento Espírita da região.

Esses encontros anualmente na região têm como objetivo principal semear o Evangelho de Jesus por meio da vivência dos ensinamentos Dele e da convivência entre crianças, jovens e trabalhadores das casas espíritas, que se unem no ideal do Espiritismo. Vale lembrar que o nome do evento “CMeIE” significa mais que a abreviação do nome da confraternização, pois que também faz lembrança fonética à palavra “semeie”, em referência a seu slogan: Semear o Evangelho é Colher o Amor!

A abertura se deu às 14h com os presentes reunidos. O presidente da 12ª URE, Ivan de Souza Dutra, iniciou agradecendo a todos os participantes, crianças, jovens, e também a seus pais ou responsáveis, aos trabalhadores espíritas, bem como ao Exército Brasileiro que gentilmente cedeu o espaço para o evento na pessoa do comandante do 26º GAC Wilian Rueda.

Com uma breve explicação do funcionamento das atividades, Ivan discorreu sobre o histórico do CMeIE e destacou o objetivo e tema central do encontro, enfatizando sua a importância para a divulgação da Doutrina Espírita, e também do esforço pessoal de cada trabalhador e de cada dirigente dos centros espíritas da 12ª URE para dar força à união dessas casas na confraternização com cooperação, a fim de que a unidade da família espírita se desenvolva no movimento regional. Depois passou a palavra para a Diretora do DIJ da 12ª URE, Terezinha de Jesus Luiz, que fez a oração inicial e seguiu com a homenagem às duas evangelizadoras pioneiras na região, as senhoras Luci Zempulski Jorgensen do Centro Espírita Jesus e Verdade e Tereza Souza Guedes do Centro Espírita A Caminho da Luz, ambos de Guarapuava-PR, pelo trabalho fraternal, carinho e incansável desenvolvido na evangelização por mais de 25 anos.

As atividades iniciaram em seguida, coordenadas pelas casas espíritas de região que organizaram as crianças e jovens participantes em grupos separados por três níveis, que passaram a realizar atividades espalhadas em diversos pontos do local, em alusão às sementes do evangelho que são lançadas ao solo.

O grupo do primeiro nível, a coordenadora Gleide Küster, da evangelização do Centro Espírita Luz e Paz, de Prudentópolis, acompanhada pelas colaboradoras Leoni e Kueila, do mesmo centro, fizeram as atividades com as crianças de 04 a 07 anos.  Com alegria, as crianças brincaram com o Jogo da Vida e assistiram teatro de fantoches, além dos personagens da estória Gira Flor e Gira Sol, e da Florzinha com tema amar ao próximo.

Já o grupo do segundo nível, coordenado por Elizabete Luiz do Centro Espírita Jesus e Verdade de Guarapuava-PR, com o auxílio das colaboradoras do mesmo centro, Vanessa Krinski, Cristina da Mata e Fabíola Souza, desenvolveram as atividades com crianças de 08 a 13 anos: brincadeira “pagando mico”; quebra cabeça em grupo; a “dança das cadeiras cooperativas” para desenvolver o auxílio ao próximo; as brincadeiras com balões; o “pula corda”; a “árvore da paz” em que se trabalharam virtudes para amar o próximo.

Hélio Castro, Gilmar Pereira e Iuri José do Nascimento os três do Centro Espírita Joaquim Nabuco, coordenaram o grupo do terceiro nível com as atividades da “dinâmica do nó”, em que os jovens tiveram que desenvolver a cooperação, a do “meu vizinho”, em que fizeram um círculo e a partir de uma determinada letra do alfabeto eles tinham que apontar as qualidades ou virtudes com companheiro vizinho, e as dinâmicas dos 30 segundos e do amor ao próximo, trabalhando especialmente os temas da violência nas escolas e amor ao próximo, e da fidelidade (firmeza) aos seus princípios éticos de moral cristã.

Após um gostoso lanche com direito a salgados, bolos e tortas, todos se reuniram para as apresentações artístico-musicais. As crianças cantaram e fizeram jograis e a juventude apresentou músicas.  Logo após, todos fizeram coro com a juventude cantando com alegria o “Tema do CMeIE”, aquele que foi criado por jovens no 1º CMeIE em 2009.

Ao final Tereza Guedes fez a oração, causando sentimento de comoção, quando as vibrações portentosas de paz foram sentidas. A diretora do DIJ da URE, Terezinha Luiz, agradeceu a presença de todos, o auxílio da espiritualidade, expondo a felicidade por essa confraternização, convidando a todos para o próximo encontro o 4º CMeIE em 2012. (colocar fotos)

A URE realiza o seminário regional espírita – SERESPI 2011 na Universidade Estadual do Centro-Oeste – UNICENTRO

Na tarde de 20 de outubro, a partir das 14h, o público da academia e interessados na Doutrina Espírita participou do Seminário Regional Espírita – SERESPI 2011 promovido pela 12ª URE e coordenado por sua equipe. Esse evento foi retomado por essa união regional, tendo o apoio da UNICENTRO, e com a finalidade de divulgar a Doutrina Espírita, sendo que o objetivo específico foi o de trazer para os acadêmicos temas contemporâneos com reflexões na perspectiva da Doutrina, permitindo a interação com esse público.

Após a abertura com o agradecimento do presidente da URE Ivan de Souza Dutra aos docentes, discentes, às autoridades da instituição e outros presentes, foi apresentado o vídeo institucional da FEP, e depois a palavra foi retomada para a explicação do funcionamento.

Foram apresentados os coordenadores do evento, Cezar Coelho Folador, Gustavo Sene Silva, Mauro Chierici Lopes e Ivan de Souza Dutra, além da representante da Comissão Doutrinária da URE, Adriane Cólman Klüber, que saudou o público e externou mensagem fraternal.

O seminário realizou-se em sistema de mesa redonda com o tema “A Visão Espírita Sobre a Vida e a Atualidade”.

Assine a versão impressa
Leia também