Jornal Mundo Espírita

Setembro de 2019 Número 1622 Ano 87
Acerca das palavras Envie para um amigo Imprimir

Shabat – Sabbat – Sábado

agosto/2019

No Antigo Testamento, todas as citações de leis prescrevem a celebração do sábado pelo descanso do trabalho cotidiano.

A palavra hebraica  significa cessar, parar. Apesar de ser vista quase universalmente como descanso ou um período de descanso, uma tradução mais literal seria cessação, com a implicação de parar o trabalho.

Portanto, shabat é o dia de cessação do trabalho. Sua observância é considerada de extrema importância, aparecendo como o terceiro dos Dez Mandamentos.1

Lembra-te do dia do sábado, para o santificar. Seis dias trabalharás, e farás toda a tua obra. Mas o sétimo dia é o sábado do senhor teu Deus.

 Não farás nenhuma obra, nem tu, nem teu filho, nem tua filha, nem o teu servo, nem a tua serva, nem o teu animal, nem o estrangeiro, que está dentro das tuas portas.

Porque em seis dias fez o senhor os céus e a terra, o mar e tudo que neles há, e ao sétimo dia descansou. Portanto, abençoou o senhor o dia do sábado, e o santificou.

A prescrição baseia a proibição de trabalhar em motivos humanitários. Descanso para homens e animais.

Durante o cativeiro no Egito, a cessação do trabalho passou a ser considerada como um sinal, pelo qual Israel se distinguia dos outros povos.

Antes do cativeiro, o shabat tinha feição de alegria e de festa. Tudo era interrompido e se visitava o santuário, consultavam-se os profetas.

Era um dia sagrado. Essa santidade era objetiva, clara, devida à bênção de Deus que, segundo o livro bíblico de Gênesis descansou no sétimo dia.

E abençoou Deus o dia sétimo, e o santificou. Porque nele descansou de toda a sua obra.

No tempo dos Macabeus, alguns grupos seguiam uma interpretação tão severa do descanso do sábado que se deixaram trucidar sem resistência pelos inimigos, para não violarem o sábado pela luta.

Jesus opôs-se severamente às interpretações  exageradas dos escribas e fariseus. Afirmou que o sábado foi feito para o homem e não o homem para o sábado.2

Recordamos ainda que o Mestre dizia que o Pai trabalhava incessantemente e Ele também.3 Por isso, curava inclusive aos sábados.

 

Referências:

1.BÍBLIA, A. T. Êxodo. Português. O antigo testamento. Tradução de João Ferreira de Almeida. Campinas: Os Gideões Internacionais no Brasil, 1988. cap. 20, vers. 8 a 11.

2.BÍBLIA, N. T. Mateus. Português. O novo testamento. Tradução de João Ferreira de Almeida. Campinas: Os Gideões Internacionais no Brasil, 1988. cap. 2, vers. 27.

3.Op. cit. João. cap. 5, vers. 17.

  1. 4. BORN, A. Van Den. Dicionário Enciclopédico da Bíblia. Petrópolis: Vozes, 1985. Sábado.

 

Assine a versão impressa
Leia também